Jornal Tribuna Sisaleira

Jornal Tribuna Sisaleira

SAIBA TUDO DO ASSASSINATO DE HOMEM NA BA 120, JÁ IDENTIFICADO

Identificado homem que foi morto a tiros em frente bar em Conceição do Coité. A autoria e motivação do crime é desconhecida pela Polícia, que segue investigando o caso.

Ailton Junior Cerqueira Ramos, 33 anos, foi morto a tiros em frente ao um bar na BA 120 que liga Conceição do Coité a Retirolândia. Segundo o proprietário do estabelecimento, Sr. Jucivaldo informou a Policia Militar que Ailton estava sentado em uma das cadeiras do bar e se dirigiu até o balcão pediu uma cachaça. Logo após a vítima recebeu um chamado vindo do lado de fora, em seguida só se ouviu os sons de vários disparos que atingiu a vítima, que logo chamaram a Polícia. Ele foi socorrido por uma guarnição do 16° BPM da 4ª Cia, que fez diligência nas imediações do local mais sem êxito. A vítima não resistiu aos ferimentos e morreu ao dar entrada na unidade de pronto socorro do hospital Regional o Português em Coité. A autoria e motivação do crime é desconhecida pela Polícia, que segue investigando o caso

Homem é assassinado a tiros em bar às margens da BA 120. Vítima estava em um grupo debaixo de um cajueiro que fica no mesmo espaço do bar quando foi alvejada.

Ailton Cerqueira Ramos, 33 anos, conhecido por Juninho, morador do Bairro dos Barreiros, em Conceição do Coité foi assassinado a tiros na madrugada deste sábado, 29, por volta das 03h quando se encontrava em um bar, as margens da BA 120, antigo Happy Days, trecho centro de Coité ao bairro das Casas Populares. Segundo um popular contou a Polícia Militar, Juninho teria deixado o bar e foi até um cajueiro que fica no mesmo terreno e se juntou a um grupo, e minutos depois, ele (o popular) disse ter ouvido três tiros de arma de fogo, mas não viu que foi o autor dos disparos, perceberam o homem caído e todos se aproximaram e em seguida a grande maioria dos frequentadores do bar saíram e deixaram apenas duas pessoas no ambiente, dentre elas, esta pessoa que foi a PM na manhã de hoje e pediu para não se identificar.
O popular contou que, quando tinha apenas ele e o dono do bar, surgiu ‘do nada’ um moreno baixo e se aproximou do corpo de Ailton e disparou mais dois tiros e saiu pela cancela que dá acesso a rodovia. Não há informações sobre autoria e motivação para o crime.