Homem é morto a tiros na frente de casa em Araci

Jornal Tribuna Sisaleira

Jornal Tribuna Sisaleira

Governo de Minas confirma sete mortes após rompimento da barragem de Brumadinho

Governo de Minas confirma sete mortes após rompimento da barragem de Brumadinho. O Governo de Minas Gerais confirmou na noite desta sexta-feira (25) a morte de sete pessoas na tragédia que acometeu o município de Brumadinho, após o rompimento da Mina Feijão, que fica na região metropolitana de Belo Horizonte. A barragem é administrada pela mineradora Vale.

Conforme o comunicado oficial, nove pessoas foram retiradas da lama com vida e mais 100 que estavam ilhadas também foram resgatadas.  Para acompanhar os desdobramentos da tragédia, o governador Romeu Zema se deslocou para o município. Dados fornecidos pela Vale e divulgados pelo governo mineiro apontam que havia 427 trabalhadores no local, dos quais cerca de 150 estão desaparecidos.
O presidente da empresa, Fábio Schvartsman, disse que não se sabe o que ocorreu . “Ainda é muito cedo para termos essa informação”. Segundo ele, a tragédia é mais humana do que ambiental.