TRE-BA Indefere e Defere candidaturas à prefeitura de

Jornal Tribuna Sisaleira

Jornal Tribuna Sisaleira

SEMANA VIOLENTA EM POMBAL, SERRINHA E TUCANO

Semana foi violenta na região do sisal em especial aumentou o índice de homicídios em Tucano, Ribeira do Pombal e Serrinha.  

Na manhã desta quinta-feira (24), um homicídio foi registrado no povoado de Arapuá, zona rural de Tucano, divisa com o município de Araci. Segundo informações preliminares de populares, a vítima tem prenome Iranildo e foi assassinado com diversos tiros. A Polícia Militar está no local. O Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Euclides da Cunha foi chamado. A motivação e autoria do crime ainda são desconhecidas. Trata-se do terceiro homicídio em Tucano neste ano de 2019.

Por volta das 16:h desta quarta-feira (23), um jovem deu entrada na Emergência do Hospital Geral Santa Tereza, em Ribeira do Pombal, vítima de disparos de arma de fogo. Segundo o site Portal Alerta, o caso foi informado aos policiais militares da cidade, que estiveram na Unidade Hospitalar colhendo informações sobre o crime. A vítima, que não teve o nome divulgado, é um adolescente de 17 anos. Segundo o jovem, o crime aconteceu no momento em que ele retornava da Vila Operária, zona norte da cidade, com destino a Fazenda Aracaju, quando dois criminosos a bordo de uma motocicleta 50cc (Cinquentinha) de cor prata, demais dados ignorados, teriam efetuado disparos de arma de fogo em sua direção. Ainda segundo o site, ferido no ombro direito, o adolescente foi socorrido para o referido hospital, onde foi medicado e não foi constatado risco de morte. Ainda de acordo com informações, a vítima não soube informar a respeito da autoria.

O corpo de Lairton de Oliveira Santos, de 20 anos, foi identificado pela polícia nesta terça-feira (22). Lairton foi morto com quatro tiros no bairro da Cidade Nova, em Serrinha nesta segunda-feira (21) (ver aqui). Segundo o Portal Cleriston Silva, familiares da vítima, que residem na cidade de Catu, na região de Alagoinhas, compareceram na delegacia para prestar esclarecimentos. Eles disseram que o rapaz era envolvido com crimes e estaria foragido em Serrinha. Uma fonte policial disse que a linha de investigação vai seguir a hipótese de acerto de contas. Lairton foi morto com tiros na cabeça, ombro e abdômen. Junto ao corpo foram encontrados objetos de uso pessoal, um lençol e um facão. Ainda segundo a reportagem do PCS, um irmão de Lairton foi morto por engano há cerca de cinco meses no sul da Bahia, pois o alvo dos criminosos, segundo parentes, era ele (Lairton). Depois disso, ele se mudou para Serrinha. A Polícia Civil instaurou inquérito para apurar a autoria e motivação do homicídio.