Jornal Tribuna Sisaleira

Jornal Tribuna Sisaleira

Carros ficam presos em buracos abertos pela chuva em Coité

Carros ficam presos em buracos abertos pela chuva em Coité. A tão esperada chuva chegou a Conceição do Coité. Na noite de sexta-feira, 22, a chuvarada chegou acompanhada de relâmpagos e trovões numa intensidade menor em relação ao calor que o coiteense reclamou nos últimos dias.

As famosas chuvas de verão praticamente não caíram em Coité, diria que veio com um pouco de atraso, ou seja, dois dias depois do termino da estação, na abertura do outono. 
Diferentemente das grandes metrópoles do sul e do sudeste a exemplo de Rio e São Paulo aqui não se fala mau tempo quando chove, nem mesmo moradores das áreas baixas da cidade onde ocorre invasão nas residencias e outros transtornos.
Depois de qualquer chuva forte este local fica nesta situação | Foto: Raimundo Mascarenhas
O que há de mais comum após as chuvas é abertura de buracos nos calçamentos onde a correnteza passa com maior intensidade e o Calila Noticias esteve na Rua Dionisio Pinto nas proximidades do extinto Colégio Durval da Silva Pinto onde dois veículos foram ‘engolidos’ pelos buracos, assim como na praça principal do Bairro Açudinho.
A forte correnteza passa sobre este calçamento onde a parte onde recebeu obra resistiu. precisa que se faça algo com a parte mais baixo conforme imagem acima | Raimundo Mascarenhas
Vale lembrar que a Prefeitura tem feito a recuperação de calçamento constantemente, uma parte em frente ao Colégio recebeu a segunda grande chuva e resistiu, mas no encontro das águas na esquina da mesma rua só passa motocicleta.
A construção que passou no primeiro teste foi um canal instalado e três manilhas para garantir a passagem das águas sem danificar a estrada que liga a BA 409 no Bairro Olhos D’água ao Açude de Itarandi, Lajinha, Boa Vista, alem de outras comunidades. Veja as fotos
A obra ainda não está concluída
Principal ligação do centro da cidade saindo do Bairro Olhos D’água para o Açude Itarandi, Lajinha, Boa Vista além de outras comunidades

Em 6 de dezembro última forte chuva deixou o transito intrafegável no mesmo local