Bandidos arrombam Lojas Americanas em Tucano

Jornal Tribuna Sisaleira

Jornal Tribuna Sisaleira

Prefeito Silva Neto autoriza USO DA UPA como HOSPITAL em Araci.

Um ano depois da Resolução que autoriza o USO DA UPA como HOSPITAL, o Prefeito resolve acatar as reivindicações populares.
Querem calar o povo, querem enrolar a população, a UPA hoje não passa de um prédio abandonado, onde novamente o dinheiro público vai para o ralo.

“URGENTE POVO DE ARACI”
Não podemos permitir que isso aconteça. Vejam:
(ponto de vista de um profissional da saúde que conhece a realidade da saúde de Araci)
A Gestão municipal de Araci, acaba de lançar no Diário Oficial do Município que irá transferir o Hospital Municipal para o prédio construído para abrigar a UPA de Araci. Se torna necessário avaliarmos as perdas que essa decisão irá causar para o povo da cidade. 
A decisão foi publicada por meio da “RESOLUÇÃO CMS Nº 002 DE 07 DE MARÇO DE 2019”  no D.O. do município no dia de hoje (28-03-2919). Transformar a UPA em hospital apagará a possibilidade de termos essa unidade em Araci, pois a função da UPA é de extrema importância visto que em nossa cidade acontece vários acidentes graves, principalmente de moto. Estes casos, dentre outros, deveriam ser atendidos na UPA por ser uma unidade de referência para esse tipo de atendimento. Lembrando que os recursos que seriam destinados para a UPA atenderia principalmente estes casos graves. Ao transformar a UPA em hospital o atendimento será limitado como o que já conhecemos no hospital em funcionamento. 
Para justificar a mudança o gestor alega que a estrutura onde se encontra o hospital não oferece condições necessárias para atender aos pacientes. Decisão tomada após a auditoria do SUS-Ba “...Que o Hospital Municipal de Nossa Senhora da Conceição possui sérias “Não conformidades” apontadas pela Auditoria SUS/Ba No. 3034, onde ficou provado que a Unidade do ponto de vista estrutural em nada atende a RDC 50/2002 e outras normativas legais, bem como que o Cenário semelhante ao descrito pelo setor de engenharia da FESF-SUS, foi declarado que o mesmo está inadequado para qualquer atividade humana...”.
O Hospital Nossa Senhora da Conceição passou, nos últimos anos, por varias reformas de melhoria em sua estrutura física, muito dinheiro foi gasto nestas reformas. Fica a pergunta: a Gestão Municipal não realizou estudo para saber a viabilidade de se fazer essas reformas? Após tantos gastos, em vez de se construir um novo hospital, que é o adequado, decidem transformar a nossa UPA em um hospital? Uma boa parcela da população de Araci, por não conhecer a importância de se ter uma UPA e quais são os seus objetivos, pode pensar que essa ideia seja a melhor para o município, mas não é, pode acreditar que não, e se tem dúvidas pode pesquisar e verá que realmente não é uma boa ideia. 
Nas campanhas de 2012 e 2016 o atual prefeito prometeu construir um novo hospital, em vez disso, depois de eleito, decidiu gastar na reforma do prédio onde fica atualmente o hospital.   
Nós queremos um novo HOSPITAL, mas não podemos perder nossa UPA, que tem que ser colocada em funcionamento. 
#queremosnossaupa
Advam Enfermeiro

Matérias anteriores sobre a saúde de Araci...

METADE (6/12) DOS PSF DE ARACI COMPLETAMENTE ABANDONADOS PELO PREFEITO,SILVA NETO.

Mais uma vez a nossa redação do Tribuna Sisaleira, recebe DENUNCIA dos leitores do nosso portal, a cerca do abandono da saúde em Araci em especial o destrato do que é publico, dos PSF´s, onde de 12 unidades, 6 estão em situação de total abandono a exemplo de: Serra Branca, Lajinha, Poço Grande, Várzea da Pedra, Matadouro e Lagoa do Boi. 
Ainda temos exemplos do PSF de Coqueiro, João vieira e Ribeira que estão sem médicos. A População que necessita destes espaço clama por socorro, já que  estes serviços deveriam servir a população, já que há anos as obras feitas com recursos público, dinheiro dos impostos dos cidadão,  deveriam ter sido concluídas e deveriam estar servindo aos munícipes de Araci estão nesta situação que mostra as fotos e videos aqui nesta matéria.
Hoje, a situação é caótica, a irresponsabilidade do gestor, prefeito de Araci é transparente e a população solicita a presenças dos órgão fiscalizadores (Vereadores, Ministérios Público Municipal, Estadual e Federal)  a se pronunciar e tomar providência e punir os culpados pelo ato de CRIME de má gestão e mal uso do dinheiro público.
A População clama por socorro, o povo de Araci não concorda com esta situação e pede providencias.

Denuncias de 2016...
Araci - PSF desativados, sem inaugurar, sem médicos e sem remédios.

A Prefeitura de Araci, através da Secretaria Municipal de Saúde, inaugurou várias unidades básica de saúde. Unidades conquistada desde o ano de 2010, junto ao Ministério da Saúde, que deveriam possuir infraestrutura que atendenda às normas preconizadas pelo Ministério e possibilitassem a execução de um trabalho seguro para os profissionais e para a população.
Más o que os olhos veem e que o povo sente é o contrário já que na sede de Araci e nos distritos e povoados, as unidades tem dificuldades e não  funciona como deveria.
O poder prefeito Silva Neto e da vice Keinha, são alvos diariamente por parte da população e de representantes do Legislativo de críticas, denuncias e inquietações do estado em que se encontra os PSF’s.
O PSF dos bairros de Riacho e Guarani, em Araci, foram inaugurados e segundo a Prefeitura, a unidade construída sobre novo modelo do Ministério da Saúde, possui infraestrutura que atende às normas preconizadas pelo Ministério e possibilita a execução de um trabalho seguro para os profissionais e para a população. Esta informação não procede, assim como não é real, já que a falta de médicos e medicamentos não asseguram aos moradores destes bairros a  oferta e as melhores condições possíveis ao atendimento.
O que é PSF?
O Ministério da Saúde criou, em 1994, o Programa Saúde da Família (PSF). Seu principal propósito: reorganizar a prática da atenção à saúde em novas bases e substituir o modelo tradicional, levando a saúde para mais perto da família e, com isso, melhorar a qualidade de vida dos brasileiros.
A estratégia do PSF prioriza as ações de prevenção, promoção e recuperação da saúde das pessoas, de forma integral e contínua. O atendimento é prestado na unidade básica de saúde ou no domicílio, pelos profissionais (médicos, enfermeiros, auxiliares de enfermagem e agentes comunitários de saúde) que compõem as equipes de Saúde da Família. Assim, esses profissionais e a população acompanhada criam vínculos de co-responsabilidade, o que facilita a identificação e o atendimento aos problema de saúde da comunidade.
Diante dos ótimos resultados já alcançados, o Ministério da Saúde está estimulando a ampliação do número de equipes de Saúde da Família no Brasil. E, para isso, é fundamental a mobilização das comunidades e dos prefeitos, pois só por intermédio deles as portas dos municípios se abrirão para a saúde entrar.
Um dos bairros mais tradicionais da cidade de Araci está tendo uma atenção especial com relação saúde. Trata-se do bairro São João, conhecido também por Matadouro, que tem recebido as obras da unidade dupla de PSF e que até este momento não disfruta de um ambiente confortável e adequado às necessidades do bairro e região, está a obra abandonada, sem conclusão, sem inauguração.
A construção é fruto de uma parceria com o Governo Federal, através do Ministério da Saúde, que prevê a construção de 12 novas unidades básicas de saúde em bairros e povoados do município. No bairro São João a obra custará em torno de R$ 512.000,00 (quinhentos e doze mil reais), que irão gerar mais saúde à população local e, ao mesmo tempo, geração de emprego e renda durante sua construção e até mesmo em seu funcionamento.
Você sabia que o direito a saúde é um item contido na constituição e que visa garantir o acesso aos serviços básicos de saúde a todos os cidadãos de forma igualitária e sem distinções?.
Ao Estado são imputadas obrigações que vão desde o atendimento médico mais básico ao cidadão como uma simples consulta e vão até mesmo procedimentos médicos de alta complexidade e fornecimento gratuito de medicamentos e insumos de tratamento.
Segundo a Constituição: "Art. 196. A saúde é direito de todos e dever do Estado, garantido mediante políticas sociais e econômicas que visem à redução dos riscos de doença e de outros agravos e o acesso universal e igualitário às ações e serviços para sua promoção, proteção e recuperação".
UBS, PSF E CENTROS DE SAÚDE PRÓXIMOS

Veja o Vídeodo PSF de Poço Grande