Jornal Tribuna Sisaleira

Jornal Tribuna Sisaleira

Por unanimidade Justiça Eleitoral reverte cassação do diploma da prefeita e vice de Santaluz

Por unanimidade Justiça Eleitoral reverte cassação do diploma da prefeita e vice de Santaluz. A prefeita e o vice tiveram 7 votos favoráveis dos desembargadores do TRE e nenhum contra

A Justiça Eleitoral reverteu, por unanimidade (7 a 0), a cassação do diploma de Quitéria Carneiro, Márcio Evangelista de Oliveira, o ‘Marcinho da CLN’, respectivamente prefeita e vice-prefeito de Santaluz, na região sisaleira da Bahia, que tinham sido condenados em primeira instância em ação motivada pela contratação da cantora gospel Damares para fazer um show durante o evento em comemoração ao Dia do Evangélico, realizado no dia 25 de setembro de 2016, quando Quitéria e Marcinho ainda eram candidatos.
Na época, a coligação do candidato derrotado Joélcio Martins da Silva ingressou com a ação alegando que o evento religioso teve como finalidade favorecer Quitéria e Marcinho na disputa do pleito eleitoral. Em tempo, a decisão do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA) suspende a inelegibilidade por oito anos que havia sido gerada contra eles e o ex-prefeito Zenon Nunes da Silva Filho, o ‘Zenonzinho’, que também havia sido condenado na primeira instância.