PREFEIT@S DE 50 CIDADES DA BAHIA ESTÃO PAGANDO OS PRECATÓRIOS DO FUNDEF, MENOS KEINHA DE ARACI

 

Rui Oliveira, presidente da APLB Bahia, mais uma vez falou em redes sociais, live, que a entidade já está participando dos pagamentos dos PRECATÓRIOS DO FUNDEF em mais de 50 cidades da Bahia que já está pagando e no caso da Prefeita de Araci, Keinha,  Rui reafirmou que "NÃO PAGOU ATÉ AGORA POR QUE NÃO QUIS, NÃO QUER PAGAR, FALTA VONTADE POLÍTICA NA PREFEITA". Ele ressaltou que a entidade está a disposição, inclusive com corpo jurídico para que a prefeita deixe de resistir, tapear, iludir, tentar se justificar com a morosidade e a má vontade de distribuir com seus verdadeiros donos, os profissionais da educação, os 60% dos recursos dos precatórios no valor hoje de R$ 67.097.781,26 (Sessenta e sete milhões, noventa e sete mil em Araci. 

Mais de 50 municípios da Bahia, que os PROFISSIONAIS JÁ RECEBERAM os precatórios do FUNDEF, sobre a orientação da APLB Bahia, a exemplo de Una, Conceição da Feira, Cardeal da Silva (55 mil para  20 horas e 110 mil para 40 horas), Seabra, Coronel João Sá, Rui Barbosa, Alagoinhas, Lajedo do Tabocal, Rui Barbosa, Aracuipe, Amélia Rodrigues e Nilo Peçanha e Cansanção, onde os prefeitos já estão pagando ou concluíram os pagamentos. 

Cansanção além de pagar o rateio no valor de R$ 6 mil para professores de 20 horas  e R$ 12 mil para professores de 40 Horas. Assim como pagará integralmente o precatório esta sendo pago de imediato e distribuído os R$ 27 milhões.

Todos os servidores terão direito, Aposentados e na Ativa. Como verba indenizatória.

Já KEINHA, a Prefeita de Araci, continua calda, muda e sem se posicionar nem divulgar sobre o pagamento dos 60% dos precatórios do FUNDEF e os + 70 do FUNDEB de 2021. Sem informação e sem nenhum posicionamento da gestora Keinha, os profissionais sofrem sem notícias de pagamento deste direito, principalmente quando as redes sociais estão cheias de noticias de que outras cidades os gestores já pagaram ou se posicionaram positivo ao pagamento a exemplo de Pombal, Barrocas, Coité, Conceição de Feira e Panelas.

A Prefeita Keinha quando recebeu os valores de mais de 67 milhões em conta anunciou que iria gastar este montante todo na educação, más a derrota no seu sonho de ficar com 100% dos precatórios do FUNDEF foi por água abaixo desde o início, inconformada até já fez o plano de distribuição dos 40%, mas até o momento nada de planejar os 60% que sempre foi de direito líquido e certo dos profissionais da educação, os professores.

Desde a chegada do dinheiro em conta que a prefeita vem sendo derrotada em querer ficar com todo recurso e no dia 15 de dezembro de 2021, o senado e a câmara coloca na CONSTITUIÇÃO FEDERAL o direito que sempre foi líquido e certo de pagar os 60% dos precatórios do FUNDEF ao Professores, direito esse sempre negado pela Prefeita Keinha.

Sexta feira dia 17, FOI SANCIONADA a PEC 46 que colocou na Constituição Federal o direito que já havia ao Professores.  "o Senado e a Câmara aprovou em dois turnos a PEC, além de já ter havido a regulamentação da subveiculção e dos critérios da distribuição dos 60% para os professores.  "Parecia um sonho tão distante… mas aconteceu! Que sirva de exemplo pra muitos. Quando Deus está do nosso lado, coisas incríveis acontecem. O direito dos professores ao rateio dos precatórios do Fundef é constitucional. Quero mandar um recado aos prefeitos que insistirem em não pagar: eu serei o primeiro a denunciar por improbidade administrativa! Mexeu com o professor, comprou briga comigo!" - Disse o deputado.

Keinha realizou na quarta feira um evento da educação e como sempre se calou e não tocou no assunto, a prefeita mantém o assunto secreto, nem Secretário de Educação e nem Prefeita não fala nada sobre o Rateio dos Professores e agora também sobre o rateio dos +70, que diversos prefeitos ja se posicionaram na região dizendo que está do lado dos professores e que vão ratear, más em Araci, A prefeita Keinha e o secretário Anastácio não vem a público se posicionar a favor dos Direitos do Profissionais de Educação de Araci.

Adeus a ABIN que era o sonho da Prefeita Keinha de derrubaria os direitos dos servidores da educação. Não tem jeito Prefeita, Keinha, a senhora não quer pagar os 60% dos professores, más vai ser obrigada. Já devia ter pago, como disse o Coordenador Rui da APLB Bahia que 50% dos municípios já pagaram. Já tem Lei que garante o pagamento e será reforçada mais ainda pela PL 10.880, depois de ser obrigada a pagar a prefeita não venha dizer que queria pagar - Disse Leo de Eridan.

Outra prova da falta de vontade da gestora Keinha é que o diário oficial do município do dia 7 de dezembro de 2011,     que Aprovo o Plano de Aplicação de Recursos dos Créditos decorrentes de Precatórios oriundos de diferença das transferências do FUNDEF, de exercícios anteriores e dá outras providências, apenas dos 40%, não apresentou o plano dos 60%. Veja o DECRETO “NE” Nº 0514 DE 06 DE DEZEMBRO DE 2021.


Veja outras matérias relaccionadas


KEINHA, PREFEITA DE ARACI CONTINUA MUDA, CALADA QUANTO AO PAGAMENTO DOS PROFESSORES DOS 60% DOS PRECATÓRIOS DO FUNDEF E 70 DO FUNDEB.

.

KEINHA, Prefeita de Araci, continua calda, muda e sem se posicionar nem divulgar sobre o pagamento dos 60% dos precatórios do FUNDEF e os + 70 do FUNDEB de 2021. Sem informação e sem nenhum posicionamento da gestora Keinha, os profissionais sofrem por o natal sem notícias de pagamento deste direito, principalmente quando as redes sociais estão cheias de noticias de que outras cidades os gestores já pagaram ou se posicionaram positivo ao pagamento a exemplo de Pombal, Barrocas, Coité, Conceição de Feira e Panelas.

A Prefeita Keinha quando recebeu os valores de mais de 67 milhões em conta anunciou que iria gastar este montante todo na educação, más a derrota no seu sonho de ficar com 100% dos precatórios do FUNDEF foi por água abaixo desde o início, inconformada até já fez o plano de distribuição dos 40%, mas até o momento nada de planejar os 60% que sempre foi de direito líquido e certo dos profissionais da educação, os professores.

Desde a chegada do dinheiro em conta que a prefeita vem sendo derrotada em querer ficar com todo recurso e no dia 15 de dezembro de 2021, o senado e a câmara coloca na CONSTITUIÇÃO FEDERAL o direito que sempre foi líquido e certo de pagar os 60% dos precatórios do FUNDEF ao Professores, direito esse sempre negado pela Prefeita Keinha.

Sexta feira dia 17, FOI SANCIONADA a PEC 46 que colocou na Constituição Federal o direito que já havia ao Professores.  "o Senado e a Câmara aprovou em dois turnos a PEC, além de já ter havido a regulamentação da subveiculção e dos critérios da distribuição dos 60% para os professores.  "Parecia um sonho tão distante… mas aconteceu! Que sirva de exemplo pra muitos. Quando Deus está do nosso lado, coisas incríveis acontecem. O direito dos professores ao rateio dos precatórios do Fundef é constitucional. Quero mandar um recado aos prefeitos que insistirem em não pagar: eu serei o primeiro a denunciar por improbidade administrativa! Mexeu com o professor, comprou briga comigo!" - Disse o deputado.

Keinha realizou na quarta feira um evento da educação e como sempre se calou e não tocou no assunto, a prefeita mantém o assunto secreto, nem Secretário de Educação e nem Prefeita não fala nada sobre o Rateio dos Professores e agora também sobre o rateio dos +70, que diversos prefeitos ja se posicionaram na região dizendo que está do lado dos professores e que vão ratear, más em Araci, A prefeita Keinha e o secretário Anastácio não vem a público se posicionar a favor dos Direitos do Profissionais de Educação de Araci.

Adeus a ABIN que era o sonho da Prefeita Keinha de derrubaria os direitos dos servidores da educação. Não tem jeito Prefeita, Keinha, a senhora não quer pagar os 60% dos professores, más vai ser obrigada. Já devia ter pago, como disse o Coordenador Rui da APLB Bahia que 50% dos municípios já pagaram. Já tem Lei que garante o pagamento e será reforçada mais ainda pela PL 10.880, depois de ser obrigada a pagar a prefeita não venha dizer que queria pagar - Disse Leo de Eridan.

Outra prova da falta de vontade da gestora Keinha é que o diário oficial do município do dia 7 de dezembro de 2011,     que Aprovo o Plano de Aplicação de Recursos dos Créditos decorrentes de Precatórios oriundos de diferença das transferências do FUNDEF, de exercícios anteriores e dá outras providências, apenas dos 40%, não apresentou o plano dos 60%. Veja o DECRETO “NE” Nº 0514 DE 06 DE DEZEMBRO DE 2021.


Veja abaixo matérias relacionadas.


NÃO TEM MAIS CHORO PREFEITA KEINHA, VAI TER QUE PAGAR OS 60% PARA OS PROFESSORES, APROVADO "ESTÁ NA CONSTITUIÇÃO AGORA"..

"A Prefeita de Araci, Keinha, sofreu mais uma derrota no seu sonho de ficar com 100% dos precatórios do FUNDEF". neste dia 15 de dezembro de 2021, o senado e a câmara coloca na CONSTITUIÇÃO FEDERAL o direito que sempre foi líquido e certo de pagar os 60% dos precatórios do FUNDEF ao Professores, direito esse sempre negado pela Prefeita Keinha.

Sexta feira dia 17, FOI SANCIONADA a PEC 46 que colocou na Constituição Federal o direito que já havia ao Professores.  "o Senado e a Câmara aprovou em dois turnos a PEC, além de já ter havido a regulamentação da subveiculção e dos critérios da distribuição dos 60% para os professores.  "Parecia um sonho tão distante… mas aconteceu! Que sirva de exemplo pra muitos. Quando Deus está do nosso lado, coisas incríveis acontecem. O direito dos professores ao rateio dos precatórios do Fundef é constitucional. Quero mandar um recado aos prefeitos que insistirem em não pagar: eu serei o primeiro a denunciar por improbidade administrativa! Mexeu com o professor, comprou briga comigo!" - Disse o deputado.

Keinha realizou na quarta feira um evento da educação e como sempre se calou e não tocou no assunto, a prefeita mantém o assunto secreto, nem Secretário de Educação e nem Prefeita não fala nada sobre o Rateio dos Professores e agora também sobre o rateio dos +70, que diversos prefeitos ja se posicionaram na região dizendo que está do lado dos professores e que vão ratear, más em Araci, A prefeita Keinha e o secretário Anastácio não vem a público se posicionar a favor dos Direitos do Profissionais de Educação de Araci.

Adeus a ABIN que era o sonho da Prefeita Keinha de derrubaria os direitos dos servidores da educação. Não tem jeito Prefeita, Keinha, a senhora não quer pagar os 60% dos professores, más vai ser obrigada. Já devia ter pago, como disse o Coordenador Rui da APLB Bahia que 50% dos municípios já pagaram. Já tem Lei que garante o pagamento e será reforçada mais ainda pela PL 10.880, depois de ser obrigada a pagar a prefeita não venha dizer que queria pagar - Disse Leo de Eridan.

Outra prova da falta de vontade da gestora Keinha é que o diário oficial do município do dia 7 de dezembro de 2011,     que Aprovo o Plano de Aplicação de Recursos dos Créditos decorrentes de Precatórios oriundos de diferença das transferências do FUNDEF, de exercícios anteriores e dá outras providências, apenas dos 40%, não apresentou o plano dos 60%. Veja o DECRETO “NE” Nº 0514 DE 06 DE DEZEMBRO DE 2021.

Outras Matérias Relacionadas.

PREFEITA, KEINHA, SONHA EM FICAR COM 100% DOS PRECATÓRIOS DO FUNDEF, DIZ VEREADOR LÉO DE ERIDAN.

"A Prefeita de Araci, Keinha, sonha em ficar com 100% dos precatórios do FUNDEF", disse vereador Leo de Eridan na sessão da câmara desta terça feira. 

O Vereador disse ainda que "o senado aprovou a regulamentação a subveiculção e os critérios da distribuição dos 60% para os professores, disse que já houve a reunião da Prefeita, da APLB e Promotora, más o assunto tão secreto. Nem Secretário de Educação e nem Prefeita não fala nada pois acreditando que não vai acontecer a aprovação da ABIN que derrubaria os direitos dos servidores da educação. Não tem jeito Prefeita, Keinha, a senhora não quer pagar os 60% dos professores, más vai ser obrigada. Já devia ter pago, como disse o Coordenador Rui da APLB Bahia que 50% dos municípios já pagaram. Já tem Lei que garante o pagamento e será reforçada mais ainda pela PL 10.880, depois de ser obrigada a pagar a prefeita não venha dizer que queria pagar - Disse Leo de Eridan.

Veja video do discurso do vereador:

Outra prova da falta de vontade da gestora Keinha é que o diário oficial do município do dia 7 de dezembro de 2011,     que Aprovo o Plano de Aplicação de Recursos dos Créditos decorrentes de Precatórios oriundos de diferença das transferências do FUNDEF, de exercícios anteriores e dá outras providências, apenas dos 40%, não apresentou o plano dos 60%. Veja o DECRETO “NE” Nº 0514 DE 06 DE DEZEMBRO DE 2021.

https://www.indap.org.br/sistema/admin/downloads/PREFEITURAMUNICIPALDEARACIESTADODABAHIADIARIOOFICIALDOMUNICIPIOANO2021DECRETONEN0514DE06DEDEZEMBRODE2021.pdf

Alem da gestora mostra falta de transparência e alem de ser obrigada a pagar os 60% (R$ 40.258.668,56) dos recursos dos precatórios que estão em conta no total de R$ 67.097.781,26 (Sessenta e sete milhões, noventa e sete mil, setecentos e oitenta e um reais e vinte e seis centavos) dos precatórios do FUNDEF/FUNDEB.

Educadores de todas as localidades têm de FISCALIZAR, COBRAR E EXIGIR SEUS DIREITOS no Conselho desse fundo e no Ministério Público a quitação desse direito até o dia 31 deste mês, sob pena dos recursos voltarem para a União.

A Prefeita de Araci, Keinha, NÃO PAGOU ATÉ AGORA POR QUE NÃO QUIS, NÃO QUER PAGAR. Ela está resistindo, tapeando, iludindo, tentando justificar a morosidade e a má vontade de distribuir com seus verdadeiros donos, os profissionais da educação, os 60% dos recursos dos precatórios no valor hoje de R$ 67.097.781,26 (Sessenta e sete milhões, noventa e sete mil. 

"FALTA VONTADE POLÍTICA NA PREFEITA, diz o coordenador da APLB".

A PEC em vigor garante o direito de recebimento dos recursos do precatório distribuindo em forma de subveiculação, 60% para os servidores da educação. Tem Lei que garante este direito, este pagamento desde o recebimento do recurso de R$ 67.097.781,26 (Sessenta e sete milhões, noventa e sete mil. 

É Obrigatório pagar.

Paga prefeito@s de boa vontade, ao contrário da prefeita de Araci que só enrola e falta de vontade, é a má fé, não permitiu pagamento ainda.

50% dos municípios da Bahia, com precatórios, OS PROFISSIONAIS JÁ RECEBERAM os precatórios, os prefeitos já pagaram. A Exemplo de Conceição da Feira, Alagoinhas, Lajedo do Tabocal, Rui Barbosa, Seabra, Aracuipe, Amélia Rodrigues e Nilo Peçanha (31 de agosto).

Veja live provando estes pagamentos...


https://www.youtube.com/watch?v=Nvb0EjsDwTg

Keinha foi Eleita em Araci no ano passado e até este exato momento não cumpriu o compromisso, promessa de campanha de PAGAMENTO DOS PRECATÓRIO DO FUNDEF. O que se sabe é que no dia 4 de Novembro de 2020 a então candidata Maria Betivânia, Keinha, assinou  na sede da APLB SINDICATO, do município de Araci, o TERMO DE COMPROMISSO com propostas apresentadas, buscando atender as necessidades educacionais dos nossos munícipes e aos anseios dos profissionais da educação em especial o pagamento de 60% dos recursos dos precatórios do Fundo Nacional da Educação para os Profissionais de Educação. Assinaram também este mesmo compromisso os candidatos a prefeito Edivaldo e Manoel Nune

Comentários