Avião bate em vaca durante decolagem no AC e parte ao meio

Jornal Tribuna Sisaleira

Jornal Tribuna Sisaleira

O projeto Mandacaru parou e só vai servir a metade do prometido.

O projeto Mandacaru, PAROU! e segundo denuncias fornecidas a nossa redação, só deverá atender a metade do prometido (em algumas localidades algumas ruas receberao água, outras vizinhas não) na segunda-feira, dia 18.12.2017, com a presença do Governador Rui Costa e do Senador Otto Alencar que estiveram em Tucano, para autoriza o inicio das obras para abastecimento de água, para implantação de Sistema Integrado de Abastecimento de Água em 15 localidades do município. As localidades que deveriam ser beneficiadas seria Poção, Fazenda Juá, Rua Nova, Fazenda Queimada das Abóboras, Salgado, Mandacaru, Pedrosa, Quixaba do Mandacaru, Fazenda Moreira, Fazenda Lagoa da Serra, Lagoa de Dentro, Laje, Paus Branco, Alecrim e Serrador, más a realidade é outra, alem da paralisação das obras e de que não atenderá nem metade destas comunidades prometidas. 

Durante a solenidade, que ocorreu no Povoado de Mandacaru, Rui e o prefeito de Tucano, Luis Sérgio, em seu discursos agradeceu e se comprometeu em concluir a obra com rapidez, o que não aconteceu, pois ate o mento a mesma não foi inaugurada.

O Vereador Marcos do Raio X, convocou todos os vereadores e autoridades do município de Tucano, para ir até a capital baiana, Salvador, para audiência com o governo para resolver estes impasses expostos por denunciantes das comunidades.


Veja a matéria de 16 de Dezembro de 2017.


MANDACRU I: ÁGUA NAS TORNEIRAS COM 9 MESES DIZ RUI

O projeto Mandacaru, tem um novo capitulo a partir do que ocorreu hoje, segunda-feira (18.12.2017), com a presença do Governador Rui Costa e do Senador Otto Alencar que estiveram em Tucano, para autoriza o inicio das obras para abastecimento de água, para implantação de Sistema Integrado de Abastecimento de Água em 15 localidades do município. As localidades a serem beneficiadas são Poção, Fazenda Juá, Rua Nova, Fazenda Queimada das Abóboras, Salgado, Mandacaru, Pedrosa, Quixaba do Mandacaru, Fazenda Moreira, Fazenda Lagoa da Serra, Lagoa de Dentro, Laje, Paus Branco, Alecrim e Serrador. 

Durante a solenidade, que ocorreu no Povoado de Mandacaru, Rui também entrega três tratores com implementos agrícolas, beneficiando os municípios de Tucano, Cansanção e Monte Santo. O prefeito de Tucano, Luis Sérgio, ovacionado pela maioria e vaiado por um grupo de servidores insatisfeitos que protestaram por seus direitos, mas o gestor fez seu discursos agradecido e fez mais pedidos ao governador e ao deputados ali presente (Alex da Piatã, Alex Lima, Bira Coroa, Coronel e Fátima), cartazes agradeciam e solicitavam apoio do governador e do prefeito pra diversas ações a exemplo da CACTUS e do PROJETO REGUE DO JIU JITSU.
O sonho torna-se realidade para o povo Tucanense. A obra é bastante esperada pela população de Tucano, há anos que outros gestores tem buscado realizar este feito,agora, o Prefeito, Luis Sergio, encara a empreitada de conseguir nos próximos três anos futuros de seu mandato, inaugurar esta obra, é o que se espera, não só o gestor como todos os beneficiários futuros deste projeto.
Em Tucano, Rui autoriza obra para abastecimento de água e entrega tratores agrícolas e recebe presente e e aplaudido pelos presentes. Nesta segunda-feira (18), às 9h, em visita ao município de Tucano, o governador Rui Costa assina ordem de serviço para implantação de Sistema Integrado de Abastecimento de Água em 15 localidades do município. 
Após a licitação para execução do projeto Mandacaru que fo publicada no dia 27 de outubro, conforme anunciado pelo prefeito de Tucano, Luiz Sérgio (Dr Sérgio), em rede social. O anúncio foi feito no final da manhã desta terça-feira (10). De acordo com o prefeito, a confirmação da publicação do edital foi feita pelo senador baiano Otto Alencar (PSD). “O próprio senador confirmou a data. Para nós é motivo de muita alegria”, comemorou.
Além de confirma a data da publicação do edital, o senador Otto Alencar revelou que estará presente na assinatura da ordem de serviço. “Vamos promover um grande ato público em Tucano, com a presença de nosso grupo político e nossos amigos da zona rural”, comentou o prefeito.

videos...

  
  
Projeto Mandacaru
O projeto Mandacaru deverá beneficiar mais de 10 mil pessoas da zona rural de Tucano. O projeto vai levar água a aproximadamente 28 comunidades, distribuídas na zona rural do município. Serão cerca de 2.500 ligações domiciliares, com investimento na ordem de R$ 20 milhões. A execução do projeto Mandacaru põe fim a um antigo problema da zona rural de Tucano. A escassez de água potável tem dizimado plantações e criação de animais. O povoado do Mandacaru, que dá nome ao projeto, é um dos mais afetados pela falta d´água. Milhares de famílias sofrem com a estiagem prolongada e com a ausência de água encanada. “Este será mais um sonho realizado. Por muitos anos as famílias de Tucano aguardam pela chegada da água encanada. Mas agora, com fé em Deus, estaremos iniciando as obra, acredito, até o final deste ano”, espera o prefeito.
Noticias históricas do Projeto... 
Diante do quadro de seca extrema que atinge a Bahia, o Governo do Estado vem desenvolvendo uma série de ações para minimizar os efeitos da estiagem. Além das medidas emergenciais já adotadas, como a contratação de carros-pipa e distribuição de cestas básicas, mais um passo decisivo tem sido dado para combater à seca que afeta milhares de baianos que vivem na zona rural.
Através da intervenção do secretário de Desenvolvimento Urbano, Cícero Monteiro, e do diretor da CERB – Companhia de Engenharia Ambiental da Bahia -, Bento Ribeiro Filho, o deputado estadual e líder do PSD na Assembleia Legislativa, Gildásio Penedo, comemorou mais um passo decisivo com o anúncio de ampliação do Projeto Mandacaru.

De acordo com o parlamentar, o projeto consiste em um sistema de adução de água que levará, para diversas localidades na região de Mandacaru, em Tucano, sua terra natal, água potável de qualidade. No entanto, a partir de agora, o projeto será extensivo ao povoado de Monte Cruzeiro, na cidade de Quijingue, beneficiando cerca de 1200 pessoas. “Monte Cruzeiro fica há 3 km de Mandacaru. Esta foi a forma mais racional e econômica de levar água para esta comunidade carente. Ficamos felizes em poder realizar mais este sonho e levar água de qualidade para mais este povoado”, afirmou Penedo.

O deputado também comemorou o início do processo licitatório do Projeto Executivo, previsto para o próximo mês de junho. Com custo estimado em R$ 700 mil, aproximadamente, o processo de contratação do Projeto Executivo será iniciado pelo Governo do Estado, através de convênio firmado entre a Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedur) e a Cerb.

Gildásio Penedo vem lutando para que a obra total seja licitada ainda este ano, com valor estimado em R$ 9 milhões, conforme informou o gerente de projetos da Cerb, Andrevan Mercês. “Esta obra terá cerca de 180 km de adutora levando água de excelente qualidade para todas as casas”, acrescentou o líder do PSD na Assembleia.
As ações que estão sendo desempenhadas pelo Governo do Estado no enfrentamento à escassez de água que agride os municípios baianos, foram apresentadas na manhã de hoje (30) pelo secretário da Casa Civil, Rui Costa, durante a reunião da Comissão de Meio Ambiente da Assembleia Legislativa. O líder do PSD na Casa, deputado Gildásio Penedo Filho, demonstrou preocupação com a dimensão acelerada dos efeitos da estiagem e louvou a explanação do secretário, que coordena o Comitê Estadual para Ações Emergenciais de Combate aos Efeitos da Seca.
"Esse é um assunto extremamente preocupante em virtude da proporção que se tomou esses números. Nós temos, e o secretário Rui Costa é sabedor disso, a maior população rural do Brasil e a maior extensão do semiárido do nordeste. Devido a essas características peculiares, a seca na Bahia acaba gerando um impacto muito maior. Temos uma área crítica que, de fato, preocupa todos nós", destacou Penedo.
O parlamentar reconheceu a necessidade de haver uma parceria viável na questão dos investimentos entre os governos. Para ele, ou o Governo Federal acena de forma contundente para construir e estabilizar a situação, ou a dificuldade será cada vez maior, por mais que haja boa vontade do Estado e o desenvolvimento de ações realizadas na Bahia nos últimos anos, a exemplo do Programa Água para Todos. "Nós tivemos, recentemente, quase 60 mil pessoas beneficiadas com a adutora inaugura na região de Fátima, Paripiranga e Cícero Dantas. Mas essas são ações estruturantes que precisam ser potencializadas em nosso Estado. O secretário Rui Costa traz, de forma muito clara e pedagógica, toda a preocupação do governo com ações diversificadas em toda a Bahia. Para nossa alegria, a gente percebe o empenho do Estado para perenizar a problemática da seca", destacou Gildásio.
Na oportunidade, o deputado abordou a luta pela implantação do Projeto Mandacaru, sistema de adução de água que levará, para diversas localidades na região de Mandacaru, em Tucano, sua terra natal, água potável de qualidade. Penedo solicitou ao secretário da Casa Civil a priorização do projeto, que vai atender quase 12 mil pessoas a partir do sistema de adução. "Tucano acabou sendo o berço desse processo, mas nós já estamos em fase de elaboração do Projeto Executivo. A cidade possui 50 mil habitantes e com esse projeto se atende, praticamente, quase 20% da população mais carente, que só tem chance de ter água de boa qualidade através do sistema de adução", afirmou.
Com custo estimado em R$ 700 mil, aproximadamente, o processo de contratação do Projeto Executivo do Mandacaru será iniciado pelo Governo do Estado, através de convênio firmado entre a Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedur) e Companhia de Engenharia Rural (Cerb).