Jornal Tribuna Sisaleira

Jornal Tribuna Sisaleira

POLICIA EXCLARECE A MORTOS DOS JOVENS NO BAIRRO URBIS EM TUCANO

Por volta das 16h20, do ultimo dia (10), uma guarnição da CIPE NORDESTE quando em ronda juntamente com a guarnição da 2° Cia de Tucano, tomaram conhecimento, através de denúncia anônima de que havia dois indivíduos no bairro da Urbis, portando armas de fogo, fazendo exibições das referidas armas e efetuando disparos para o alto. Ato continuo, as guarnições deslocaram para o local indicado, os denunciados, por sua vez, ao perceberam a aproximação da viatura, tentaram evadir do local. Foi feito o cerco em toda área, momento em que os mesmos efetuaram disparos de arma de fogo na direção dos policiais. Diante da injusta agressão, houve o revide. Após cessar os disparos, foi constatado que dois resistentes foram alvejados, e com cada um, foi encontrado uma arma fogo . 38 especial e uma pistola PT 100 calibre .40. Posteriormente, os resistentes foram identificados como: Alex Ribeiro de Almeida Filho, vulgo Lequinho e Eliomar Santos Jesus, vulgo Guigui. De imediato, foi prestado o devido socorro para o Hospital da cidade de Tucano, onde foi constatado os óbitos pelo médico plantonista.
Por volta das 16h20min deste ultimo (10), a Cipe Nordeste tomou conhecimento de que haviam dois indivíduos no bairro da Urbis, em Tucano, portando armas de fogo, fazendo exibições das referidas armas e efetuando disparos para o alto. Segundo os militares, as guarnições deslocaram para o local indicado, mas os suspeitos tentaram fugir. Eles teriam efetuado disparos de arma de fogo na direção dos policiais. Houve troca de tiros. Alex Ribeiro de Almeida Filho, vulgo “Lequinho” e Eliomar Santos Jesus, vulgo “Guigui”, morreram na ação. Eles foram levados para o Hospital da cidade de Tucano, mas já estavam sem vida. Foram apreendidas duas armas e munições. No final da tarde deste domingo (10), ocorreu um operação policial envolvendo a Cipe Nordeste e a 2° CIA do 5° BPM, no bairro Urbis, em Tucano. Segundo a Polícia Militar, dois jovens morreram na ação, vítimas de autos de resistência e após troca de tiros com as guarnições policiais. Segundo populares, trata-se do jovem de apelido “Guigui” e outro de prenome “Alex”. Ambos seriam de Tucano. Moradores do bairro afirmam terem ouvido dezenas de tiros no local. Os corpos estão no Hospital Mariana Penedo, aguardando o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Euclides da Cunha.