Adolfo Menezes é o Governador da Bahia (em exercício) hoje!

Menina de 13 anos descobriu gestação com cinco meses de gravidez, mas não resistiu ao parto

Menina de 13 anos descobriu gestação com cinco meses de gravidez, mas não resistiu ao parto
Uma menina de 13 anos morreu ao dar à luz o bebê gerado pelo estupro do próprio pai na cidade de Coari, no Amazonas. Luana Ketlen, filha de Tome Faba, de 36 anos, descobriu a gravidez quando já tinha cinco meses de gestação.
Segundo a família, a menina não contou que era estuprada porque era ameaçada de morte pelo pai. Depois que a gravidez foi descoberta, ela relatou que sofria os abusos desde os nove anos de idade.
Pouco após a descoberta da gravidez, a menina desenvolveu uma anemia severa e passou a sentir muita dor. Ela foi internada e os médicos induziram o parto para tentar salvar a mãe e o bebê. O menino sobreviveu, mas a adolescente morreu por complicações no parto.
O pai de Luana foi preso por estupro de vulnerável e homicídio. Segundo o delegado responsável pelo caso, José Barradas, a menina era estuprada pelo pai durante saídas para pescar.