Jornal Tribuna Sisaleira

Jornal Tribuna Sisaleira

BARRACAS ARASTADAS, BARCO PARA ANDAR NAS RUAS. VEJA O RESUMO DAS CHUVAS EM NOSSA REGIÃO

Barracas de feirantes são levadas pela chuva na cidade de TucanoHá pouco mais de uma semana alguns feirantes da cidade de Tucano tiveram prejuízos após suas barracas serem destruídas pelo fogo que não ocasião circulou o comentário de que seria uma ação de vândalos. Já na tarde desta ultima quarta-feira (05), os comerciantes da feira de Tucano voltaram a sofrer prejuízos, desta feita por ação da natureza. Um forte temporal que caiu na cidade provocou uma forte correnteza e acabou levando várias barracas conforme pode ser visto deste vídeo publicado pelo site A Voz do Campo. Segundo o site, desde a venda do antigo açougue as barracas estavam sem local apropriado, e por conta disso, restou aos feirantes colocá-las próximo a um córrego que acabou transbordando e causando um grande prejuízo.

Xique-Xique: Chuva faz moradores usarem barco por ruas da cidade. A chuva que caiu na tarde desta quarta-feira (5) em Xique-Xique, no centro norte baiano, fez alguns moradores usarem um barco para poder se locomover. Além disso, várias ruas ficaram alagadas e o nível da água subiu até a altura da roda de algumas motos. Segundo o G1, apesar do ocorrido não há informações de desabrigados nem de desalojados. Conforme o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), o tempo na cidade nesta quinta-feira (6) será encoberto e terá temperatura mínima de 20ºC e máxima de 30ºC. Nesta sexta-feira (7) e no fim de semana o tempo deve seguir parecido, com temperaturas entre 20ºC e 29ºC. Macaúbas. Além de Xique-Xique, Macaúbas, na Bacia do Paramirim, Oeste baiano, também registrou chuvas nesta quarta. Além de ruas ficaram alagadas, moradores também contaram que houve relâmpagos. No município, carros ficaram quase submersos e outros tiveram de ser amarrados para não serem levados pela correnteza. Para esta quinta-feira (6), a previsão é de pancadas de chuvas, com temperaturas oscilando entre a mínima de 22° e a máxima de 36°.
Queimadas: Fortes chuvas que vem caindo nos últimos dias enchem tanques, ruas ficam alagadas e barragens e margens do Rio Itapicuru transbordam. As fortes chuvas que caíram no município de Queimadas acompanhadas de raios e trovões na noite desta quarta-feira (05) e que se estendeu no início da manhã desta quinta-feira (06), encheram vários tanques que estavam a baixo do volume de água ou secos, além das barragens e margens do Rio Itapicuru que transbordaram. Algumas comunidades da zona rural vinham sendo castigadas por falta d’água em reservatórios porque as chuvas que caiam eram mais distribuídas e em volume pequeno. A chuva também modificou o cenário da cidade, depois de muitas horas de chuva, algumas ruas do centro da cidade ficaram alagadas. “A gente fica muito feliz porque a gente vê aquelas nuvens que vem tudo escura, a gente já fica com aquela alegria, com aquele brilho nos olhos, porque a gente já está vendo a chuva chegar, cair aqui na nossa terra, na nossa comunidade e é o que a gente espera e vê. São essas nuvens lindas que Deus manda pra gente em água”, afirma o agricultor Vadinho, morador do povoado do Diamante. E quando a chuva cai, a natureza responde depressa, o verde tinge a paisagem, folhas começam a brotar nos galhos secos, rios que tinham evaporado voltam a correr, tanques acumulam água, e como por encanto, o cenário se enche de vida. Segundo informações do Instituto de Meteorologia Climatempo, a previsão do tempo para quinta-feira (06) em Queimadas é mínima 22c°, máxima 32cº. Chance de chuva 86%. Volume de chuva 10mm, sol com algumas nuvens, chove rápido durante o dia e à noite.
Araci: Açude do Poço Grande recebe grande volume de água. O Açude do Poço Grande, localizado na zona rural de Araci, vem recebendo nesses últimos dias um grande volume de água. Segundo moradores, somente na manhã desta terça-feira (4), o açude já tinha aumentado cerca de 40cm. “Se continuar recebendo água, acredito que no final de semana ele vai pro sangrador,” disse um morador.
Santaluz e QueimadasUm forte temporal na manhã desta segunda-feira(03) fez com que o Rio do Peixe, cuja ponte na BA 120 demarca o limite municipal de Santaluz com Queimadas provocou inundação em fazendas e a forte correnteza provocou a interdição para veículos e muitos deles tiveram que aguardar a água baixar para seguirem seus destinos.