Jornal Tribuna Sisaleira

Jornal Tribuna Sisaleira

Paciente Com Suspeita de Coronavírus Foge De Emergência Em Hospital De Salvador, ja poderá ser 3 casos investigados.

Paciente Com Suspeita De Coronavírus Foge De Emergência Em Hospital De Salvador. Outras duas mulheres continuam internadas. m homem com suspeita de coronavírus em Salvador, fugiu da emergência do Hospital Geral do Estado (HGE), na tarde desta quinta-feira (27). De acordo com informações obtidas pelo atráves de uma fonte interna, um homem, que não teve a identidade divulgada, deixou a unidade de emergência. Ele estava internado para fazer análise dos exames que poderiam confirmar a presença do vírus. Até o momento, não há informações do destino do paciente. Outras duas mulheres continuam internadas e vão ser encaminhadas para o Hospital Couto Maia na noite desta quinta.

Coronavírus: Casal Que Veio Da Itália É Encaminhado Para Couto Maia; Salvador Pode Ter 3 Suspeitas. Homem e mulher deram entrada inicialmente no Hospital Geral do Estado (HGE) e depois seguiram para o Hospital Couto Maia, maior hospital especializado em doenças infectocontagiosas do Brasil. Após divulgar que um caso suspeito de coronavírus deu entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) no bairro do Marback, em Salvador, outros dois casos podem virar suspeitos. Isso porque a Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab) informou ao portal que essas duas pessoas estão em investigação. O Metro1 apurou que trata-se de um homem e uma mulher. Eles deram entrada inicialmente no Hospital Geral do Estado (HGE) e depois seguiram para o Hospital Couto Maia, maior hospital especializado em doenças infectocontagiosas do Brasil. De acordo com a Sesab, o material coletado dos pacientes segue para o Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen), que é o procedimento padrão definido pelo Ministério da Saúde. As três pessoas vieram da Itália, país com o maior número de casos de coronavírus na Europa, com mais de 400 infectados e 12 mortes.

É Inevitável Que O Coronavírus Se Espalhe Pelo Brasil, Diz Virologista. O virologista Gúbio Soares, pesquisador da Universidade Federal da Bahia, é um dos criadores do teste rápido para a detecção do coronavírus. O virologista Gúbio Soares, pesquisador da Universidade Federal da Bahia e um dos criadores do teste rápido para a detecção do coronavírus, afirmou que é inevitável que a doença se espalhe pelo Brasil nas próximas semanas. Ainda segundo o pesquisador, as pessoas não precisam entrar em pânico com o primeiro caso de coronavírus no Brasil e devem confiar nas orientações passadas pelas autoridades de saúde.  Gúbio Soares lembra que o fato de o hemisfério sul estar no verão reduz o potencial de disseminação da doença. O pesquisador da Universidade Federal da Bahia considera, porém, que é inevitável o aparecimento de novos casos no Brasil nas próximas semanas, principalmente em decorrência da movimentação de turistas durante o Carnaval.