Jornal Tribuna Sisaleira

Jornal Tribuna Sisaleira

Após ser solto por causa da pandemia do Coronavírus homem é encontrado morto em estrada vicinal de Coité

Após ser solto por causa da pandemia do Coronavírus homem é encontrado morto em estrada vicinal de Coité. Segundo a Polícia, o mesmo estava no presídio e foi liberado por conta da pandemia do Coronavírus

Foi encontrado nas primeiras horas de manhã deste sábado, 28, o corpo de um homem vítima de disparos de arma de fogo em uma estrada vicinal da região do Povoado Santa Rosa, município de Conceição do Coité.
Foto: reprodução Notícias de Santaluz
A vítima que posteriormente foi identificada como Danilo Silva Campos, 28 anos, natural de Retirolândia, distante cerca de 10 km de onde foi encontrado morto, segundo a família, ele teria saído numa motocicleta na noite de sexta-feira. O veículo não foi encontrado.
Informações de populares no local e redes sociais dão conta que Danilinho como é conhecido tinha envolvimento com trafico de drogas e que estava no presídio, tendo sido liberado esta semana por causa da pandemia do Coronavírus.
O CN apurou junto as autoridades policiais a veracidade da informação.
A Guarda Municipal ao chegar sinalizou o local enquanto aguarda a chegada da equipe da Polícia Técnica do DPT de Serrinha.

Justiça libera mais de 800 presos de penitenciárias baianas por causa do coronavírus

Presos foram liberados para diminuir aglomeração nas unidades prisionais do estado. Liberação não é generalizada: atinge apenas detentos que estão no grupo de risco da Covid-19.

Mais de 800 presos foram liberados das unidades penitenciárias da Bahia, por causa da pandemia do novo coronavírus, após decisões judiciais. As informações foram confirmadas pela Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) nesta sexta-feira (27).
A Seap detalhou que a liberação não é generalizada. Segundo a secretaria, os juízes estão analisando casos específicos de presos que cumprem pena em regime semiaberto, que têm autorização de trabalho, que estão em prisão administrativa ou saída temporária.
Também estão sendo liberados os detentos que estão dentro do grupo de risco, como aqueles que têm doenças graves, crônicas e os maiores de 60 anos.
A Seap informou que ainda não há um número total de presos que devem ser liberados na Bahia, já que os juízes estão analisando caso a caso para decidir pela liberação. A previsão é de que, na segunda-feira (30), mais detentos sejam soltos.
Apesar da liberação, os presos continuaram respondendo aos processos pelos crimes que cometeram. A secretaria não informou se esses detentos serão monitorados nem se deverão voltar para as unidades, quando a situação do coronavírus for controlada.
Com a soltura dos presos, a Bahia registra 14.111 detentos, entre homens e mulheres, distribuídos pelas 26 unidades prisionais do estado. Deste número, 2.016 presos excedem a capacidade das prisões baianas, que têm vagas para 12.095 pessoas.