Jornal Tribuna Sisaleira

Jornal Tribuna Sisaleira

VAMOS REABRIR O COMÉRCIO E VOLTAR AS AULAS NA BAHIA, GRADATIVAMENTE.

“Vamos ter que aprender a conviver com o vírus”, diz Rui Costa sobre reabertura de comércio em pandemia. Governador afirma que, a depender da situação local, estabelecimentos voltam totalmente ou parcialmente. O governador Rui Costa comentou, na manhã desta quinta-feira (30), em entrevista ao programa Isso é Bahia, da Rádio A Tarde, sobre a reabertura gradativa dos comércios nas cidades baianas. De acordo com Rui, municípios que ficam mais de 14 dias sem registro de contaminação, poderá ter o comércio de volta, que será fechado novamente caso os casos do novo coronavírus voltem no local. “Isso [reabertura dos comércios] já está acontecendo na Bahia, já há algum tempo. Faz três semanas que nós estamos flexibilizando dessa forma e até colocando como meta para os comerciantes, para os empresários. Se todo mundo quer reabrir, então vamos ajudar para que nosso município fique pelo menos 14 dias sem casos para a gente poder abrir [os comércios], e temos conseguido. Hoje já temos 39 municípios na Bahia e já tem mais de 14 dias desde o último caso registrado”, afirmou o governador. e alguns voltado totalmente outros voltado parcialmente às atividades comerciais.
Ainda segundo Rui Costa, a reabertura dos estabelecimentos comerciais se dá por conta dos problemas financeiros que o país enfrenta e virá a enfrentar caso o comércio não seja reaberto. O governador ainda cita que, entre os setores de serviço, a dificuldade maior se encontra no turismo e no “lazer de marca”, ou seja, os grandes eventos como, por exemplo, o futebol, shows, São João, Carnaval, Reveillón etc.

Bahia prepara retorno das aulas na rede estadual com medidas de isolamento social. Alunos e professores terão o uso obrigatório de máscaras.  governo do estado prepara o retorno das aulas da rede estadual durante a pandemia do novo coronavírus. O governador Rui Costa confirmou, em entrevista ao Isso é Bahia desta quinta-feira (30), que a gestão estuda um conjunto rigoroso de protocolos para evitar a contaminação dos estudantes e funcionários no retorno às aulas. O retorno das aulas não tem data confirmada e as medidas de prevenção ainda serão anunciadas oficialmente pelo estado. 

Entre as medidas previstas estão a disponibilização de uma pia na entrada de todos os colégios para a higienização das mãos e rodízio de alunos no refeitório com horários diferentes de alimentação para estudantes. “Estamos escrevendo esse protocolo e vamos promover uma mudança no padrão de convivência para podermos retomar as atividades”, garantiu Rui. O governador declarou que não terá tempo para ficar esperando a taxa de contaminação do vírus zerar no estado. “Para não prejudicar a vida de todo mundo, vamos ter que retomar as atividades, observando o distanciamento social e evitando aglomerações. O uso de máscara, uma vez sendo obrigatório, reduz muito a taxa de contaminação”, argumentou o gestor. 

A Organização Mundial da Saúde prevê que as populações vão vivenciar a entrada e saída de períodos de isolamento social até o descobrimento de uma vacina que seja eficaz contra a Covid-19.

Alunos e professores terão o uso obrigatório de máscaras. “Professores só poderão ficar sem máscara na hora da aula e respeitando a distância entre os alunos”, disse.  BN*