Jornal Tribuna Sisaleira

Jornal Tribuna Sisaleira

Moradores de Palmeiras fecham acesso para que vítima de Covid não fosse sepultada

Moradores do distrito do Campo de São João, no município de Palmeiras, na Chapada Diamantina, fecharam um acesso da localidade nesta terça-feira (26) para que o corpo de um homem, vítima da Covid-19 em um hospital de Salvador, não fosse sepultado no jazigo da família.
O filho do homem identificado como Armando Carlos Mateus Barbosa da Silva, de 70 anos, relatou a situação. "A população do distrito onde se localiza o jazigo, fechou a entrada da cidade, na tentativa de impedir que meu pai tenha um descanso digno. As pessoas estão armadas com pedras, e pedaços de madeira e afirmam que não vão deixar o carro da funerária passar", disse. 

Segundo o filho da vítima, o prefeito Ricardo Oliveira Guimarães e o secretário de saúde Walnei de Paula, informam que não querem se indispor com a população local.

Familiares chegaram a se deslocar até o local com informações sobre o procedimento a ser tomado em sepultamentos de vítimas da Covid-19, mas os moradores se mostraam irredutíveis.