Avião bate em vaca durante decolagem no AC e parte ao meio

Jornal Tribuna Sisaleira

Jornal Tribuna Sisaleira

Mais da metade dos baianos acha que jovens devem voltar ao trabalho usando máscaras

Mais da metade dos baianos acreditam que as pessoas mais jovens já podem retornar ao trabalho me meio à pandemia do novo coronavírus, desde que usem máscaras para a proteção. A opinião da população baiana quanto ao retorno ao trabalho com a utilização do Equipamento de Proteção Individual (EPI) foi questionada durante levantamento do Instituto Paraná Pesquisas em parceria com o Bahia Notícias.
O índice dos que concordam que os jovens retornem às suas atividades foi de 58,8%.
Em segundo lugar, com um índice de 36,9%, aparecem aqueles que acreditam que todas as pessoas devem continuar em casa. Desde o início dos casos na Bahia a secretaria da Saúde (Sesab) tem orientado que as pessoas fiquem em casa e saiam apenas para atividades essenciais. O objetivo é evitar a propagação do vírus e evitar a saturação do sistema de saúde do estado.

Outros 4,5% não opinaram.
Clique para ampliar

Para a realização desta pesquisa foi utilizada uma amostra de 2.016 habitantes, sendo esta estratificada segundo sexo, faixa etária, grau de escolaridade e nível econômico. O trabalho de levantamento de dados foi feito através de entrevistas pessoais telefônicas com habitantes com 16 anos ou mais em 184 municípios entre os dias 25 e 28 de maio de 2020. O nível de confiança de 95% para uma margem estimada de erro de aproximadamente 2% para os resultados gerais.