Jornal Tribuna Sisaleira

Jornal Tribuna Sisaleira

505 CASOS DE COVID-19 EM ARACI, APÓS AÇÕES FRUSTRADAS DA PREFEITURA.

Araci totalizou 505 notificações positivas do Coronavirus neste domingo dia 19 de julho de 2020, após medidas frustradas de Fechar Comércio, Proibir Feiras, Barreiras Sanitárias e Lockdowm.
O crescimento dos casos de Covid-19 em Araci, se dá diante de graves denuncias de que  prefeito Silva Neto e sua vice Keinha, acusados de Causar aglomerações na sede e comunidade rural, após intervenção do TCM, da mídia e da população de Araci que denunciaram o prefeito e vice, por negligencia na falta de transparência e irregularidades na aquisição de produtos e serviços no combate ao coronavirus no município. O Prefeito testou positivo para covid-19 após ser acusado pela imprensa local e moradores da sede e comunidades rurais de provocar aglomerações com visitas, reuniões e até inaugurações.
Neste domingo (19), a Prefeitura de Araci confirmou 26 novos casos confirmados de Coronavírus: 1 do Barbosa, 4 da Bombinha, 1 do Campo do Elói, 1 da Cascalheira, 6 do Centro, 3 do Coqueiro, 1 do Morumbi, 1 do Município, 2 da Pedra Alta, 2 do São João e 4 do Tiracolo. Araci já totaliza 505 notificações positivas, 09 mortes, com 301 curados. 195 casos ainda estão ativos.
A Prefeitura de Araci, através de seu Comitê Gestor da crise ocasionada pela pandemia, informou que não há monitoramento nas barreiras temporárias neste sábado (18) e domingo (19) porque há casos de colaboradores da segurança municipal que apresentaram sintomas para contaminação pelo Covid-19. 
A Guarda Municipal está com seu efetivo quase todos afastado. No entanto, todos garantem que as ações de segurança mantém-se com o efetivo disponível, bem como com as ações das polícias civil e militar.
Veja demais matérias do TS sobre o asssunto.

SILVA NETO, PREFEITO DE ARACI É DENUNCIADO POR NÃO CUMPRIR EXIGÊNCIAS LEGAIS COM RECURSOS DA SAÚDE/COVID-19.

TCM, a mídia e a população de Araci denunciam o prefeito Silva Neto, por negligencia na falta de transparência e irregularidades na aquisição de produtos e serviços no combate ao coronavirus no município. O Prefeito testou positivo para covid-19 após sr acusado pela imprensa local e moradores da sede e comunidades rurais de provocar aglomerações com visitas, reuniões e até inaugurações.
Araci é um dos municípios baianos que não cumprem as exigências legais para dar transparência aos gastos que estão sendo realizados para o combate da pandemia da Covid-19. Isto significa que o gestor de Araci não está permitindo aos cidadãos o controle e a fiscalização sobre os recursos públicos que estão sendo empregados nas ações de controle da disseminação da doença.  Silva Neto não têm cumprido plenamente o dever de informar sobre os gastos realizados contra a pandemia, de acordo com levantamento realizado pelo Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia, após análise das informações apresentadas nos sites oficiais das prefeituras.
A mídia local e baiana tem denunciado frequentemente a Prefeitura Municipal de Araci após a mesma publicar no Diário Oficial a compras de produtos e equipamentos para o combate ao COVID-19 acima do preço praticado no mercado. Com exclusividade o site (O Impugnante e Burburinho news) apurou os fatos onde foram constatados diversas irregularidades.
Os itens apurados foram, cama hospitalar, máscaras e aferidor de temperatura corporal todos em aquisições emergenciais. Ou seja, não precisou ir muito a fundo para constatar o que mostraremos a seguir os superfaturamentos, quando é a emissão de uma fatura cujo preço está acima do valor de mercado.
Os números das dispensas são: 125/2020, 139/2020 e 124/2020.
No caso das máscaras (conhecida fora do Brasil como máscara N95) para se proteger do coronavírus (COVID-19), o valor é 127% maior que o praticado no mercado, um verdadeiro desperdício do dinheiro público.
Os termômetros foram ainda pior, superaram os 174% acima do valor de mercado se considerado o que foi considerado na planilha abaixo. Os sites denunciantes também verificou que há valores mais baixos para o mesmo item, chegando ao valor de R$ 100,19 CADA, o que daria para comprar 37 termômetros, ao invés de apenas 08 e o valor percentual acima do preço de mercado subiria ainda mais, neste caso para 359%. 
Abaixo detalhamos quanto a Prefeitura de Araci vai pagar/pagou pelos itens e quanto poderia ter economizado:

Obs.: O valores que buscamos no mercado são produtos IDÊNTICOS aos comprados pela Prefeitura Municipal de Araci, portanto, os valores de preços de outros produtos de outras marcas e que FAZEM O MESMO PAPEL dos comprados, os preços são ainda mais baixos:

A denunciante informa que, em outras publicações da Prefeitura Municipal de Araci no Diário Oficial do Município, também há casos do mesmo tipo, valores acima do preço de mercado e que muito em breve serão publicados aqui com exclusividade.
Camas hospitalares

Termômetro Digital

Máscaras

Veja abaixo preços e orçamentos levantados:




Termômetro Digital com valor menor do que orçamos na matéria.



Todos os fatos aqui colocados serão encaminhados ao MPF (Ministério Público Federal) e para a PF (Polícia Federal) para que não somente sejam apurados esses casos aqui informados, como todo o processo de compra de todos os equipamentos e suprimentos para o combate ao COVID-19.

SILVA NETO, PREFEITO DE ARACI TESTA POSITIVO AO COVIDA-19 APÓS CAUSAR AGLOMERAÇÃO

O Prefeito de Araci, Silva Neto (PDT), anunciou nessa terça-feira (07), que ele testou positivo para Coronavírus. Segundo ele, o teste foi feito na UPA de Araci e o resultado veio do Lacen. O gestor divulgou o laudo em suas redes sociais. “Desde então, por tratar-se de um “caso suspeito”, com orientação médica, iniciei protocolo de tratamento para a COVID-19, o qual foi realizado durante cinco dias e já está concluído. No momento, encontro-me em isolamento domiciliar e assintomático”, disse ele.
O Prefeito de Araci, Silva Neto e a vice Keinha em parceria de alguns vereadores tem descumprido os decretos assinados pelo próprio gestor em favor do isolamento social que é uma forma de combate ao covid-19. A Comitiva do prefeito e da vice tem realizado ultimamente reuniões, inaugurações e visitas as comunidades rurais e a residencias de aracienses que inclusive tem casos confirmados de covid-19.
Casos em Araci
O município te, 294 casos confirmados, sendo 05 mortes, 163 ativos e 126 curados. Araci é o município do Território do Sisal com o maior número de casos ativos de Covid-19. O município terá Lockdown e está implementando ações de controle de entrada e saída da sua sede.

PREFEITO, VICE E VEREADORES DE ARACI DESCUMPRE ISOLAMENTO SOCIAL, DECRETOS DO GESTOR E PROMOVE AGLOMERAÇÕES.

O Prefeito de Araci, Silva Neto e a vice Keinha em parceria de alguns vereadores tem descumprido os decretos assinados pelo próprio gestor em favor do isolamento social que é uma forma de combate ao covid-19. A Comitiva do prefeito e da vice tem realizado ultimamente reuniões, inaugurações e visitas as comunidades rurais e a residencias de aracienses que inclusive tem casos confirmados de covid-19.
Após 247 casos de Coronavirus confirmados em Araci, em especial 1 surge na comunidade de resina após a visita do prefeito, da vice e do vereador.
Olha o que diz a população a respeito.

"A turma do bem (Silva Neto, Kenhia e Vereador Guinha de Pascoal) Em plena Pandemia, pedindo VOTO, tentando iludir o POVO. Cadê o respeito pelo POVO?" 

"Depois do Prefeito a vice é o vereador guinha de pascoal ir na comunidade de resina depois de três dia aparece um caso de corvid19".
"200 casos de Coronavirus e o Prefeito de Araci tá de rolê na Resina. Falta um pouco mais de responsabilidade. Que feio!"
Na última quinta-feira, estive juntamente com Keinha, Valter Cardoso, a Secretária de Saúde Ana Ofélia e os vereadores Jefinho, Guri e Jera, em reunião com representantes do Distrito de PEDRA ALTA para discutirmos com a comunidade algumas MEDIDAS que precisavam ser tomadas no intuito de FREAR a DISSEMINAÇÃO do CORONAVÍRUS no distrito e região, visto a grande quantidade de casos que tem surgido.
Silva Neto, Kenhia e Vereadores realizaram ultimamente assembléia e reuniões em Pedra Alta, CEMOB e na comunidade de Resina. 

"Em plena Pandemia ele decreta que temos que ficar em casa, faz lei de lockdown, proíbe o nosso direitode ir e vir e ele mesmos não cumpre. Eles deveriam dar exemplo e cumprir a lei que eles mesmos criam. Cobra do povo e não fazem sua parte."

Comentários