Jornal Tribuna Sisaleira

Jornal Tribuna Sisaleira

Bombeiros localizam últimos dois corpos de vítimas de acidente em embarcação no Rio Paraguaçu

Bombeiros localizam últimos dois corpos de vítimas de acidente em embarcação no Rio Paraguaçu. Segundo o Corpo de Bombeiros, pessoas da comunidade identificaram os corpos encontrados neste domingo (5).

Foram localizados na manhã deste domingo (5) os últimos dois corpos que estavam desaparecidos após embarcação em que viajavam virar no Rio Paraguaçu, na altura de Cabaceiras do Paraguaçu, no recôncavo da Bahia. O acidente ocorreu na última quarta-feira (1º) e outros três corpos haviam sido encontrados no sábado (4).

Segundo o Corpo de Bombeiros, pessoas da comunidade identificaram os corpos encontrados neste domingo como sendo de Cauã, que tinha 11 anos, e Roque, que tinha 50. Com a localização dos últimos dois corpos, a operação, iniciada na quinta-feira (2), chegou ao fim. As vítimas foram encaminhadas para o Departamento de Polícia Técnica (DPT).

O acidente envolveu quatro crianças e dois adultos. Priscila Leôncio, tia das crianças, disse que elas foram visitar a bisavó por alguns dias e quiseram voltar para casa, na quarta, de barco. As quatro crianças, o tio e um amigo dele seguiram na canoa. A embarcação virou no meio do rio e apenas o tio das crianças, Paulo Roberto, conseguiu chegar às margens para pedir ajuda. As crianças não sabiam nadar. Paulo é pai de uma das crianças, Natália, de 14 anos. Ele conduzia a canoa quando o acidente aconteceu. Paulo contou que a embarcação tombou e rapidamente entrou água, o que fez a canoa afundar.

Familiares e amigos começaram as buscas ainda no mesmo dia. O Corpo de Bombeiros chegou na cidade na tarde da quinta-feira para iniciar a procura. Na sexta-feira (3), Bombeiros e Marinha ampliaram área de buscas.

Segundo informações colhidas no local, os corpos são de Anatália Pereira do Nascimento, 14 anos, e Adriele Soares, 9 anos. Eles foram localizados entre as 6h e 8h, três dias após o acidente, pelo irmão e primo das vítimas.Já o terceiro corpo, de Luis Felipe Pereira de Sá, 5 anos, foi localizado por volta das 11h. O Corpo de Bombeiros afirmou que corpo foi achado pelo 13°GBM/Gmar e do 2°GBM/Feira de Santana. O acidente ocorreu na quarta-feira (1º). Familiares e amigos começaram as buscas ainda no mesmo dia. O Corpo de Bombeiros chegou na cidade na tarde da quinta-feira (2) para iniciar a procura. Na sexta-feira (3), Bombeiros e Marinha ampliaram área de buscas. Priscila Leôncio, tia das crianças, disse que elas foram visitar a bisavó por alguns dias e quiseram voltar para casa, na quarta, de barco. As quatro crianças, o tio e um amigo dele seguiram na canoa. A embarcação virou no meio do rio e apenas o avô das crianças, Paulo Roberto, conseguiu chegar às margens para pedir ajuda. As crianças não sabem nadar. Paulo é avô de um dos desaparecidos, Natália, de 14 anos. Ele conduzia a canoa quando o acidente aconteceu. Paulo contou que a embarcação tombou e rapidamente entrou água, o que fez a canoa afundar.