Jornal Tribuna Sisaleira

Jornal Tribuna Sisaleira

Trabalhador morre em supermercado, corpo é coberto por guarda-sóis, e local continua funcionando

 

Trabalhador morre em supermercado, corpo é coberto por guarda-sóis, e local continua funcionandoUm homem morreu enquanto trabalhava em um supermercado Carrefour do Recife, e teve o corpo coberto com guarda-sóis e cercado por caixas de papelão, engradados de cerveja e tapumes improvisados entre as gôndolas. Ele atuava como representante de vendas de uma empresa de alimentos fornecedora e não era funcionário do Carrefour, mas estava no local a trabalho. Funcionários e clientes que estavam no supermercado disseram que o estabelecimento permaneceu funcionado normalmente. O Carrefour identificou o homem como Moisés Santos e disse, em nota, que a causa da morte foi infarto. O caso aconteceu na sexta-feira (14), mas ganhou repercussão nesta terça-feira (18), após internautas reagirem com indignação nas redes sociais. Segundo o representante Renato Barbosa, em entrevista ao G1, o supermercado estava cheio no momento em que o cadáver ficou coberto e isolado no corredor. “Dava para ver o corpo e as pessoas comentaram”, contou. A área onde ficou o corpo também foi isolada por uma fita amarela e preta e engradados de cerveja. Na manhã desta quarta-feira (19), o Carrefour enviou ao G1, por email, nota lamentando o ocorrido.

Comentários