Jornal Tribuna Sisaleira

Jornal Tribuna Sisaleira

Prefeito agride manifestantes com cinto após protesto na Bahia

O prefeito de Barra do Mendes (BA), Armênio Sodré (MDB), agrediu manifestantes com um cinto durante uma manifestação em que era cobrado pelo uso do dinheiro recebido do governo federal para auxiliar no combate ao novo coronavírus. 

Imagens obtidas pela reportagem mostram que o prefeito chega de carro e quase atinge as pessoas que estavam em frente à sua residência com o veículo. Em seguida, ele desce do carro e começa a correr atrás das pessoas e agredi-las com um objeto na mão, que não é possível identificar. 

O prefeito diz que seu filho de 16 anos foi sequestrado recentemente e pediu socorro ao ouvir os gritos dos manifestantes que, segundo ele, tentaram invadir a sua casa. "E vendo nosso filho naquela situação ficou difícil sustentar aquela situação", diz Galego, que afirma ter usado um cinto na ação e não um chicote.

Uma testemunha ouvida alega que o prefeito usou um chicote para agredir os manifestantes. "Vi todo mundo saindo correndo e eu corri junto. Foi neste momento que ele acertou Simone com um chicote, pelo menos tinha som de chicote. Eu estava do lado de Simone, ou seja, poderia facilmente ter pego este objeto em mim ou no meu filho", afirma a arquiteta Maria Clara Barreto Sodré, 28 anos.

Comentários