A Guarda Civil Municipal de Tucano reformulada em 2021

Jornal Tribuna Sisaleira

Jornal Tribuna Sisaleira

Lagoa com réplica de dinossauros é inaugurada no Stiep, em Salvador; veja fotos

Lagoa com réplica de dinossauros é inaugurada no Stiep, em Salvador; veja fotos

O prefeito de Salvador, Bruno Reis, entregou nesta terça-feira (5) um espaço chamado Lagoa dos Dinossauros. Localizado na Lagoa dos Frades, no bairro do Stiep, próximo ao Centro de Convenções, o novo equipamento traz réplicas de dinossauros e promete ser um local de convivência, pesquisa e lazer com clima de pré-história.

“Essa inauguração faz parte da estratégia de cada vez mais desenvolver o espaço público ao cidadão. Estivemos aqui há pouco mais de um ano e nos deparamos com um lugar completamente abandonado, com esgoto alimentando a lagoa, sem peixes, sem patos. As pessoas não frequentavam este local. Decidimos, portanto, implantar um projeto arrojado e impactante", disse o prefeito, ressaltando que as réplicas dos dinossauros foram construídas pela Companhia de Densevolvimento Urbano (Desal).

 

Duas delas são de Tiranossauro Rex, com aproximadamente cinco metros de altura e nove metros de comprimento cada. As demais estão distribuídas em seis réplicas de Velociraptor, duas de Dilofossauro, uma de Dilofossauro Sinensis, uma de Braquiossauro, uma de Pteranodonte e um Anquilossauro. As réplicas emitem som com a aproximação das pessoas, por meio de um sensor de presença e do uso de um aplicativo. 

Réplicas foram feitas por autarquia da prefeitura | Foto: Valter Pontes/ Secom

 

Réplicas emitem som com a aproximação das pessoas | Foto: Valter Pontes/ Secom

 

De acordo com a Secretaria Municipal de Comunicação (Secom), o processo de construção das peças envolveu um estudo sobre como era a anatomia dos dinossauros. Após o estudo e a busca de imagens, os colaboradores da Desal projetaram as imagens em 3D e as retrataram em estruturas metálicas. O passo seguinte foi cobrir essas estruturas esculpindo célula por célula com argila. Depois que as peças foram totalmente cobertas e fibradas, elas foram recortadas dando origem à fibra de vidro que é utilizada como forma final.

 

Conforme anunciado pelo prefeito, a estimativa é que a lagoa ganhe ainda mais esculturas, fruto de recursos provenientes de contrapartidas com o setor privado.

 

REVITALIZAÇÃO
A lagoa tem 16.470 m² e o entorno possui espaço de convivência, sanitário, novo mobiliário com jogos de bancos e mesa, banheiro para pessoas com deficiência, pergolado, anfiteatro, acessibilidade e quiosques.

 

Além disso, o espaço passou por um processo de aeração, que melhora as condições da água. Serão lançados, ainda, cinco mil alevinos de espécies diferentes doados pela Bahia Pesca, para aumentar o número de peixes.

 

Durante 30 dias, será proibida a pesca para que essa população possa se multiplicar. No espaço de convivência e lazer também são encontradas espécies como camaleões, micos e até mesmo joões-de-barro. O projeto tem a participação intensa da comunidade que, inclusive, ajudou na aquisição de produtos para melhoria da água e na doação de patos que vão embelezar o local. O investimento total foi de quase R$ 9 milhões.

 

Dentro da Lagoa dos Dinossauros será construída uma base de apoio da Guarda Civil Municipal (GCM) para que faça a segurança do local e possa orientar os visitantes. O parque foi todo cercado por gradil e a portaria terá catraca, onde será possível orientar e fiscalizar a entrada. A administração do espaço ficará a cargo da Secretaria de Sustentabilidade e Resiliência (Secis) e o funcionamento segue o decreto municipal de enfrentamento ao coronavírus: de segunda a sábado, de 6h às 17h.

Comentários