Tucano - BA

TECNICO DE ENFERMAGEM DE JEQUIÉ E SECRETÁRIO DE SAÚDE DE LINS MORREM DE COVID MESMO DEPOIS DE TOMAR AS DOSES DE VACINA.

Técnico de enfermagem de Jequié, vacinado duas vezes, morre de Covid-19Quatro trabalhadores da área da saúde e quatro pacientes foram infectados com o novo coronavírus dentro do Hospital Regional de Eunápolis após que uma mulher com câncer deu entrada na UTI da instituição, semana passada. A informação foi revelada por uma profissional, que não quer ser identificada. Um dos profissionais, o técnico em enfermagem, Ítalo Santos do Carmo, de 33 anos, morreu nesta sexta-feira (26) vítima da Covid-19. Ele trabalhava na UTI do Regional e também era auxiliar de neurocirurgia no Hospital Luís Eduardo Magalhães, em Porto Seguro, onde residia. O corpo de Ítalo será enterrado em Jequié, sua cidade natal. Todos os profissionais de saúde infectados no Hospital Regional começaram a apresentar os primeiros sintomas na quarta-feira (24). Segundo uma colega que trabalhava com Ítalo, ele passou mal na quinta-feira (25) e deu entrada no Luís Eduardo Magalhães. “Ele vinha reclamando de dores no corpo, náusea e fraqueza, mas só ontem [quinta-feira] foi ao hospital. Evoluiu muito rápido”, contou a colega, que também foi contaminada. Um fato que causa estranheza é que Ítalo já havia tomado as duas doses da CoronaVac há mais de 15 dias, período em que a imunização contra o vírus está completa. A colega de Ítalo não foi vacinada conta a Covid porque o caso dela é de reinfecção. A primeira contaminação dela ocorreu em 19 de janeiro e a segunda, na semana passada. A contaminação dos profissionais e de outros pacientes no Regional ocorreu porque a UTI do hospital não recebe pacientes com coronavírus e não costumava testar os que davam entrada na unidade intensiva. A partir de agora, todos os pacientes passarão por testagem antes de subir para a UTI, disse a fonte.

Imunizado com 2 doses de CoronaVac, Secretário de Saúde morre de Covid-19 O secretário de Saúde de Lins (SP), Orrélio Justiniano Rocha (83 anos), conhecido como Dr Rocha, morreu na última quinta-feira (25) em decorrência do vírus chinês. Rocha estava internado em um hospital particular de Bauru, para onde foi transferido após ter o quadro de saúde agravado. O secretario lutava há semanas contra a Covid-19 e tinha sido intubado pela segunda vez na última terça-feira (23).  A assessoria de imprensa da prefeitura disse que o médico havia tomado as duas doses da CoronaVac, sendo a primeira no dia 21 de janeiro e a segunda no dia 11 de fevereiro. A prefeitura não divulgou as datas em que o secretário começou a ter sintomas, testou positivo e foi internado.

Comentários