PROJETOS INDIGENAS KIRIRS VISITAM AS ESCOLAS EM JORRO, TUCANO

Homem é flagrado furtando dinheiro em boxe do Feiraguay durante operação da Receita Federal

 

Homem é flagrado furtando dinheiro em boxe do Feiraguay durante operação da Receita Federal

O vídeo começou a circular nas redes sociais nesta quarta-feira (10).

Feiraguay
Foto: Reprodução

Um homem foi flagrado por câmeras de segurança do circuito interno do Feiraguay, em Feira de Santana, furtando dinheiro no caixa de um boxe, durante a operação que foi realizada pela Receita Federal na terça-feira (9).

No vídeo, é possível identificar que o homem está utilizando um colete, o mesmo que os ajudantes estavam usando no momento da operação.

Em uma página do Instagram, onde foi postado o vídeo, foi informado que o homem também furtou armações de óculos e um celular.

O Acorda Cidade está buscando um retorno da Receita Federal sobre a participação do homem na operação.

A manhã desta quarta-feira (10) foi marcada como um recomeço para alguns lojistas do Feiraguay, que foi alvo de uma operação realizada pela Receita Federal no dia de ontem (9) em Feira de Santana.

Ao total, 200 boxes foram vistoriados e muitas mercadorias foram apreendidas, sendo necessário o apoio de caminhões para que toda carga fosse transportada para Salvador.

A reportagem do Acorda Cidade esteve no Feiraguay para acompanhar o retorno dos lojistas. Trabalhando há mais de 20 anos no entreposto comercial, ‘Jó’ como é mais conhecido, vende confecções. Segundo ele, ainda não foi possível calcular o prejuízo, mas destaca que não foi um valor baixo, já que todas as mercadorias foram levadas.

“Essa é uma situação muito difícil, porque isso aqui é um resultado de muitos anos trabalhando, isso é minha vida, a única coisa que tem para o nosso sustento e levaram tudo, não sei nem o que fazer. Toda minha mercadoria vem de Pernambuco e eles levaram tudo, até as que não eram pra levar, que não tinha a marca, misturaram tudo no saco e levaram. Eu já tenho mais de 20 anos aqui, e toda vez que acontece uma operação como esta, é dessa forma, pegam as mercadorias, levam tudo e fica por isso mesmo. Eu nem tenho uma noção como calcular este prejuízo, a gente não tem como manter um estoque fora daqui, então toda mercadoria ficava na loja, a gente vende hoje, para amanhã comprar novos materiais, é assim que a gente vai vivendo”, lamentou.

Comentários