PROJETOS INDIGENAS KIRIRS VISITAM AS ESCOLAS EM JORRO, TUCANO

VÍDEO: Marcelo Castro fala pela primeira vez sobre “Escândalo do Pix”: “Pessoas querendo se aparecer”

VÍDEO: Marcelo Castro fala pela primeira vez sobre “Escândalo do Pix”: “Pessoas querendo se aparecer”

O ex-repórter da TV Record Itapoan, Marcelo Castro, falou pela primeira vez sobre as investigações em torno do “Escândalo do Pix”, em que é apontado como um dos suspeitos. 

Ao lado do seu advogado Marcus Rodrigues, o repórter afirmou que não foi intimado para prestar depoimento, mas mesmo assim compareceu na Delegacia de Repressão aos Crimes de Estelionato por Meio Eletrônico (DreofCiber), que investiga o caso. 

 

“Estou à disposição da Polícia Civil da Bahia. Claro que tem o trabalho de investigação, de inteligência, mas quem pode falar alguma coisa é a Polícia Civil, não é fulano nem ciclano, pessoas querendo se aparecer… quem pode determinar alguma coisa aqui é o delegado. Eu ainda não fui ouvido”, disse Marcelo no vídeo publicado em suas redes sociais.


 

ENTENDA O CASO

 

“Escândalo do Pix”, apura possíveis fraudes que teriam ocorrido por meio de arrecadação de doações para pessoas em estado de vulnerabilidade social, em campanhas divulgadas na Record TV Itapoan, durante o programa Balanço Geral.

 

Citados no esquema, Marcelo Castro e o editor-chefe Jamerson Oliveira foram demitidos da emissora.

 

Os envolvidos teriam desviado cerca de R$ 800 mil destinados a pessoas carentes que fizeram apelos no programa. O repórter e o produtor foram citados em depoimentos de supostas vítimas. Um dos relatos aponta que Marcelo Castro teria intermediado para colocar o PIX, que seria de um rifeiro famoso, no gerador de caracteres da tela do programa Balanço Geral.

 

Em conversa com o Bahia Notícias, o advogado do jornalista negou o envolvimento do seu cliente no caso. 

 

De acordo com a Polícia Civil, dois jornalistas são investigados e cerca de 20 pessoas, que se apresentam como vítimas e funcionários da TV Itapoan, já foram ouvidas sobre o caso. 



Comentários