PROJETOS INDIGENAS KIRIRS VISITAM AS ESCOLAS EM JORRO, TUCANO

Homem é encontrado morto na Delegacia de Serrinha após ser preso por suspeita de cárcere e estupro em Barrocas

 

Homem é encontrado morto na Delegacia de Serrinha após ser preso por suspeita de cárcere e estupro.

A Polícia prendeu na manhã do último domingo, 16, em Barrocas, um homem de 31 anos, suspeito de manter a ex-companheira em cárcere privado, além de ter praticado tortura, estupro e ameaças contra a vítima de 41 anos.

De acordo com informações do site Jornal A Nossa Voz, após ser preso o homem foi encontrado morto na carceragem da Delegacia de Serrinha, e a versão apresentada é a de que o suspeito teria tirado a própria vida.

Segundo informações da Polícia a situação foi iniciada na tarde do sábado, 15, e se prolongando até a manhã do domingo, 16, quando os policiais chegaram até o local e encontraram a vítima, que em conversa afirmou que foi surpreendida ao chegar em casa e encontrou o ex-companheiro, que tinha em seu desfavor uma medida protetiva de urgência.

Ainda de acordo com a vítima o homem lhe obrigou a entrar na residência, passando a ser ameaçada, agredida e estuprada. 

A mulher conseguiu acionar a Polícia no domingo pela manhã. Inicialmente os policiais não encontraram o homem, porém o mesmo entrou em contato com a vítima lhe fazendo ameaças, e ao retornar para a casa da mulher foi preso em flagrante, sendo conduzido para a Delegacia de Polícia de Serrinha.

Um homem de 31 anos foi preso suspeito de estuprar, torturar, ameaçar de morte e manter em cárcere privado a ex-companheira, de 41 anos, na casa dela, em Barrocas, cidade da região sisaleira da Bahia. Segundo a Polícia Militar, a vítima relatou que por volta das 16h de sábado (15) foi abordada pelo suspeito quando chegava em casa. Ainda segundo relatos da vítima, o homem estava armado com facas e a obrigou a entrar na residência, onde durante toda a tarde e noite ela foi agredida, ameaçada e estuprada. Na manhã de domingo (16), a mulher conseguiu chamar a Polícia Militar, que localizou e prendeu o suspeito após ele ligar para o celular da vítima fazendo novas ameaças e afirmando que retornaria à casa dela. A mulher relatou ainda que possui uma medida protetiva, mas o ex-companheiro por diversas vezes violou a determinação judicial para manter distância dela. O homem foi encaminhado à central de flagrantes da Polícia Civil na cidade de Serrinha. Horas depois ter sido preso, ele foi achado enforcado com uma camisa na cela onde estava custodiado. Segundo apuração do repórter Renny Maia, a suspeita é que ele tenha cometido suicídio.


Comentários