PROJETOS INDIGENAS KIRIRS VISITAM AS ESCOLAS EM JORRO, TUCANO

PT quer expulsão de 03 vereadores de Tucano-BA e em Coité PT desiste de processo contra Ernandes do PSC

Os vereadores tucanenses Florival Araújo da Silva Neto (Neto do Herlon), José Nascimento Santana (Délcio da Mandaçaia) e Jeanne Santos de Jesus podem estar com os dias contados no Partido dos Trabalhadores (PT).

Isso porque o partido decidiu em reunião, no último sábado (08), abrir um processo na Comissão de Ética para expulsar os três vereadores com a justificativa de que “desde a posse têm atuado de forma contrária às orientações do Partido” e que eles “se elegeram para defender as bandeiras históricas do PT, e que isso nunca foi colocado em prática pelos vereadores e pela vereadora”.

Fonte: Joilson Costa

PT de Coité desiste do processo que pedia anulação dos votos para vereadores do PSC em 2020. Ernandes de Tó foi beneficiado

O partido que encabeçava a Coligação "Pra Coité seguir mudando" juntamente com PSD, PCdoB e PP tomou a decisão ser ouvir as outras siglas e beneficiou Ernandes de Tó unico vereador eleito pela legenda de oposição ao PT

O vereador Ernandes Lopes da Silva, popularmente conhecido por Ernandes de Tó, eleito em 2020 pelo Partido Social Cristão (PSC) recebeu ‘de presente de aniversário’ na última segunda-feira, 10/07, a informação de algo que vinha talvez lhe tirando o sono, o processo na Justiça Eleitoral impetrado pela Coligação “Pra Coité seguir mudando” formado pelo PT, PSD, PCdoB e PP que pedia a anulação de todos os votos computados para os vereadores do PSC. Somente Ernandes foi eleito e caso o pedido foi aceito ele poderia perder o cargo.

Na ocasião Justiça Eleitoral em Conceição do Coité acatou o pedido e impugnou os votos dos 16 candidatos do PSC. Ernandes foi o mais votado do partido tendo recebido 953 votos (2,19%) dos votos válidos.

A ação foi ajuizada logo após a diplomação dos eleitos, com o objetivo de ver reconhecida a suposta fraude à cota de gênero praticada pelo PSC e pelos seus candidatos ao cargo de vereador. O partido recorreu da decisão da Justiça local e Ernandes permanece no cargo desde 1º de janeiro de 2021.

PT encaminha ofício informando a desistência do processo de impugnação

Um fato que chamou a atenção de algumas lideranças dos então partidos aliados, foi a informação da desistência acontecer por parte do PT, sem ter ouvido os demais e após a repercussão de que o suplente de vereador pelo PT Xande Revoluttion ter revelado que não seguiria mais as orientações do partido local e que teria novo rumo, ou seja, estaria apoiando a pré-candidatura de Val a prefeita em 2024.

Portanto, numa eventual queda de Ernandes, Xande assumiria a vaga, mas com a revelação que não seguiria com o PT, o partido ‘coincidentemente’ informou a Justiça a decisão de desistir do processo contra o PSC que tem Ernandes unico membro com mandato, ele que faz parte da base do governo municipal.

O Calila Notícias teve contato apenas com Xande para falar sobre este assunto, ao ser questionado o que ele fez contra seu partido, já que é o primeiro suplente do PT, ele disse que também está sem saber, no momento ele abriu o WhatsApp e fez uma pergunta a alguém e não revelou quem. “Eu queria saber por quê desistiu do processo, foi para me prejudicar ou para favorecer ao outro?” Lamentou Xande nitidamente revoltado

Comentários