PROJETOS INDIGENAS KIRIRS VISITAM AS ESCOLAS EM JORRO, TUCANO

Moradores protestam cobrando redutor de velocidade e melhorias na BA409 entre Serrinha e Coité

Moradores de povoados do município de Barrocas, situados nas proximidades da rodovia BA-409, na divisa com Serrinha e Conceição do Coité, participaram de um protesto na manhã do último sábado (28). A manifestação teve como objetivo solicitar melhorias na estrada, devido a uma série de acidentes que ocorrem no conhecido trecho do Tocó.
De acordo com informações da repórter Dida Negrão, que estava presente no local, os moradores bloquearam a rodovia por cerca de 30 minutos, permitindo a passagem apenas de veículos de saúde e de estudantes. Os manifestantes exibiram faixas com mensagens como; "Inúmeras vidas perdidas", "Muitas famílias afetadas" e "Quem será a próxima vítima?".
A manifestação surgiu com o intuito de sensibilizar as autoridades responsáveis a tomarem medidas para a manutenção e melhoria da rodovia estadual, mas principalmente cobrando a instalação de um redutor de velocidade. A manifestação transcorreu de forma pacífica, com a presença da Polícia Rodoviária Estadual.
Devido aos constantes acidentes, alguns com vítimas fatais, outras mobilizações já aconteceram no local. Veja: Moradores da região voltaram a bloquear o trânsito de veículos na BA-409, no ponto do Toco.

Após uma série de acidentes, alguns com vítimas fatais, na BA-409, no trecho que liga Serrinha e Conceição do Coité, populares que residem no ponto do Tocó, que pertence a Barrocas, estão convocando moradores de outras localidades próximas para se juntarem no próxima sábado, 28, às 7h, com o objetivo de realizar uma manifestação na rodovia solicitando melhorias.

Segundo comunicado, um dos objetivos é chamar a atenção das autoridades, entre elas o governador Jerônimo Rodrigues e o secretário de Infraestrutura da Bahia, Sérgio Brito, no intuito de que os mesmos se sensibilizem e realizem em caráter de urgência melhorias na rodovia, que é a mais importante da região do sisal.

Os populares do ponto do Tocó exigem que sejam instalados quebra-molas ou redutores de velocidade na região, porém toda rodovia necessita de melhorias seja na pista, que está com muitos buracos, quanto na sinalização, e também nos acostamentos, que em alguns pontos chegam a desaparecer.

Comentários