Jornal Tribuna Sisaleira

Jornal Tribuna Sisaleira

BAIANOS BRILHAM NO ESPORTE MUNDIAL

Amanda Nunes precisou apenas de alguns minutos do primeiro round da luta contra Holly Holms para comprovar o favoritismo na sua terceira defesa de cinturão. Uma das novas promessas do MMA é da cidade de Serrinha. Adonilton Muniz de Matos Silva o “Dony Terrier”, de 31 anos, é faixa preta de jiu-jitsu e muay thai. Ele luta profissionalmente há cerca de seis ano e está no México para lutas. 

Arrasadora, Amanda Nunes precisa de poucos minutos para levar Holm a lona em defesa de cinturão. Amanda Nunes precisou apenas de alguns minutos do primeiro round da luta contra Holly Holms para comprovar o favoritismo na sua terceira defesa de cinturão. Apesar de um certo equilíbrio no inicio do embate,  um golpe perfeito de Amanda levou Holm a lona e manteve o cinturão no UFC 146 deste sábado. Holm era a única ex-campeã da categoria que Amanda não tinha vencido ainda. Dona de dois cinturões, a baiana caminha para ser a maior lutadora de MMA de todos os tempos.

Uma das novas promessas do MMA é da cidade de Serrinha. Adonilton Muniz de Matos Silva o “Dony Terrier”, de 31 anos, é faixa preta de jiu-jitsu e muay thai. Ele luta profissionalmente há cerca de seis ano e está no México para lutas. Ele fez a viagem com ajuda de amigos e representará o Território do Sisal neste esporte (relembre). A luta primeira luta foi pelo evento SFT 13 – México, no Card Preliminar. “Dony Terrier” enfrentou o lutador mexicano Ricardo Rivera. O serrinhense venceu por nocaute, aos 30 segundos do 2° roud. Recentemente, Dony Terrier trouxe para o Brasil e Bahia mais uma vitória. Ele lutou, também no México, com lutador mexicano Humberto Diaz, a luta aconteceu no dia 30 de março na cidade de Novo Laredo, estado de Tamaulipas. O lutador Serrinhense também bem de uma excelente participação na disputa do Campeonato Mundial de Jiu-Jitsu, disputado nos dias 8 e 9 de junho, em Feira de Santana.