Morre segundo assaltante baleado em tiroteio com Polícia de Tanquinho

Morreu no Hospital João Campos em Tanquinho, o segundo acusado de assaltar um veículo HB20 branco na Praça Landulfo Alves em Riachão do Jacuípe. O assalto aconteceu na tarde desta terça-feira, 09. A Polícia Militar realizou perseguição e barreiras na BR-324 para capturar os bandidos que trocaram tiros sendo alvejados.
Os dois homens foram encaminhados ao Hospital de Tanquinho, sendo que um chegou já sem vida e o comparsa morreu horas depois. De acordo com novas informações passadas pela PM local, haviam outros criminosos em uma Fiat Doblô dando cobertura aos assaltantes mas que não foram alcançados pelos policiais.

Os dois mortos foram identificados por Clayton Costa de Santana, 36 anos, e Eduardo Medrado de Almeida Sobrinho, 30 anos, ambos já tiveram passagem na polícia. 
Com os elementos foram encontrados dois revólveres calibre 32 com 10 munições cada um. 

AGORA: Após roubar carro em R. do Jacuípe, assaltante morre e outro é baleado em perseguição Policial

Após roubar carro em R. do Jacuípe, assaltante morre e outro é baleado em perseguição Policial. Um homem morreu e outro ficou ferido na tarde desta terça-feira (09) em Tanquinho após trocarem tiros com a Polícia Militar. 

De acordo com informações do comando da 90ª CIPM de R. do Jacuípe, os dois homens estavam sendo perseguidos após terem tomando de assalto um veículo HB20 branco às 14h00 desta terça-feira, 09, na Praça Landulfo Alves no centro de Riachão. A proprietária conhecida por “Celina” estava em frente à residência quando foi surpreendida pelos assaltantes. 

Populares informaram rapidamente a Polícia Militar de Riachão que logo fez contato com a guarnição de tanquinho iniciando o bloqueio. Ainda de acordo com a polícia, os elementos foram surpreendidos pelos policiais na região de Tanquinho onde aconteceu a troca de tiros e os dois foram atingidos.

Os homens foram levados ao Hospital de Tanquinho e de acordo com informações da própria unidade, um deles veio a óbito e outro segue em estado grave, mas que corre riscos de morrer. A polícia ainda informou que havia um outro veículo dando apoio aos criminosos, mas que conseguiram fugir. 
A Capitã Maria Aparecida, elogiou a colaboração da comunidade que passou informações rápidas e precisas o que ajudou e muito na ação de recuperação do veículo. A comandante ainda ressaltou que sem essas informações anônimas ficaria difícil tomar um destino correto na captura dos elementos.