Jornal Tribuna Sisaleira

Jornal Tribuna Sisaleira

PREFEITO LUCIANO DE EUCLIDES E PREFEITO JAI DE BARROCAS ELEITOS PARA PRESIDIR O CONSORCIO DA SAÚDE DO TERRITORIO SISAL

Na condição de Prefeito, fomos eleito a Vice-Presidente do Consórcio de Saúde, ao lado do Presidente Luciano de Euclides da Cunha, para contribuirmos na gestão de um dos mais importantes setores da Administração Pública, colocando Barrocas como parceira dessa importante ação que beneficiará toda a região sisaleira. Agradecemos aos votos de confiança e vamos trabalhar!


Na condição de Prefeito, fomos eleito a Vice-Presidente do Consórcio de Saúde, ao lado do Presidente Luciano de Euclides da Cunha, para contribuirmos na gestão de um dos mais importantes setores da Administração Pública, colocando Barrocas como parceira dessa importante ação que beneficiará toda a região sisaleira. Agradecemos aos votos de confiança e vamos trabalhar

PREFEITO JAI DE BARROCAS ASSINA COM MAIS PREFEITOS E GOVERNADOR PROTOCOLO PARA POLICLINICA DO SISAL

O Prefeito, Jai de Barrocas, assinou neste dia 03/06, junto com mais 40 prefeitos e o governador do estado, o protocolo de intenção para a construção da Policlínica que será instalada na nossa região (Serrinha), que atenderá também as demandas da saúde de Barrocas. 
Rui assina consórcios para policlínicas em três regiões da Bahia. O governador Rui Costa e prefeitos de 41 municípios baianos assinaram, na tarde desta segunda-feira (3), protocolos de intenções para a criação de três consórcios públicos interfederativos de saúde nas regiões de Itaberaba/Seabra, Eunápolis/Porto Seguro e Serrinha. A solenidade foi realizada no Salão de Atos da Governadoria, no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador.
A formação dos consórcios viabiliza a instalação de policlínicas de saúde nas três regiões. “Vamos iniciar a construção [das policlínicas] assim que ficarem prontas a topografia e a sondagem, que já mandamos fazer. Já escolhemos os terrenos em todas elas e, em breve, vamos publicar a licitação”, afirmou Rui.
Os consórcios têm como objetivo a cooperação técnica e financeira na área de saúde entre os entes federados, visando à promoção de ações de saúde pública assistenciais, assim como a prestação de serviços especializados de média e alta complexidade. De acordo com o secretário estadual da Saúde, Fábio Vilas Boas, o conceito dos consórcios regionais tem mudado a maneira de enxergar o sistema de saúde estadual. “Estamos consolidando esse modelo vitorioso, que tem se tornado cada vez mais uma referência de sucesso em todo o Brasil. É referência porque muda o paradigma entre os municípios, diminui os atritos e cria uma nova visão do sistema de saúde, em que todos se sentem parte do processo. Estamos marchando para chegar ao nosso objetivo de levar essa ideia para todas as regiões da Bahia”, disse.
Na ocasião, o prefeito de Lajedinho, Marcos Mota, destacou que a formação do consórcio era aguardada com ansiedade pela população do município. “É um momento muito importante para todos os municípios de nossa região. As policlínicas têm levado resultados tão expressivos para toda a Bahia, diminuindo a lista de espera de pacientes e o deslocamento das pessoas, que não precisam mais viajar até Salvador para realizarem exames”.
Policlínicas
Em toda a Bahia, já são oito policlínicas de saúde em funcionamento nas regiões Extremo Sul, Alto Sertão, Jequié, Irecê, Feira de Santana, Alagoinhas, Reconvale e Baixo Sul. Outras 11 unidades — instaladas em Jacobina, Juazeiro, Paulo Afonso, Salvador, Vitória da Conquista, Barreiras, Itabuna, Senhor do Bonfim, Simões Filho, São Francisco do Conde e Ribeira do Pombal — devem ser inauguradas ainda este ano.
Unidades de média complexidade e especializadas no apoio diagnóstico, as policlínicas são construídas em locais estratégicos. Elas regionalizam o atendimento de saúde para a cidadão, que passa a ter acesso aos serviços mais perto de casa, sem precisar se deslocar por longas distâncias ou aguardar tempo excessivo para o atendimento.
Profissionais de diversas especialidades, como angiologia, cardiologia, endocrinologia, gastroenterologia, neurologia e ortopedia, atuam no equipamento. Consultas e exames são disponibilizados por meio de agendamento prévio, realizado pela Secretaria de Saúde dos municípios consorciados.