Jornal Tribuna Sisaleira

Jornal Tribuna Sisaleira

RIBEIRA DO POMBAL É A SEGUNDA MELHOR CIDADE EM ÍNDICES DE DESEMPENHO

Conselho Federal de Administração classifica gestão pública de Ribeira do Pombal entre as melhores do país. O Índice CFA de Governança Municipal – IGM-CFA foi lançado em novembro de 2016 pelo Conselho Federal de Administração, que contou com auxílio técnico do Instituto Publix para o Desenvolvimento da Gestão Pública. Em 2017, os dados foram atualizados. Durante os anos de 2017 e 2018, o CFA promoveu várias apresentações do IGM em todo o país, em audiências públicas, eventos voltados para a gestão pública, e apresentações para segmentos específicos organizados pelos Conselhos Regionais de Administração (CRAs). O IGM-CFA consiste em uma métrica da governança pública nos municípios brasileiros a partir de três dimensões: 

Finanças, Gestão e Desempenho. No grupo 5, entre os 28 municípios com população de 50.001 a 100.000 na Bahia, no quesito GESTÃO 

Guanambi, em primeiro lugar com 8,72

Ribeira do Pombal ficou em segundo lugar com 8,01

Euclides da Cunha ficou em quarto lugar, com 7,89. 

No quesito FINANÇAS

Ribeira do Pombal pontuou com 5,64, e em DESEMPENHO com 6,80. No IGM, a média das três avaliações, a pontuação foi 6,82, ficando em sexto lugar, atrás de Guanambi (7,51); Bom Jesus da Lapa (7,37); Brumado (7,35); Irecê (7,09); Jacobina (7,04). Euclides da Cunha ficou em oitavo lugar no IGM com 6,45. Tucano e Monte Santo ficaram, respectivamente, em 19 e 27 lugares. 

A nível de Brasil, Ribeira do Pombal ficou em 46º lugar no IGM entre os 175 municípios de 50.001 a 100.000 habitantes. Entre os 227 municípios baianos até 15 mil habitantes, o IGM-CFA, grupo 1 da pesquisa, a classificação foi a seguinte para os da região: Coronel João Sá (45); Heliópolis (63); Adustina (90), Banzaê (104), Cipó (134), Fátima (156), Antas (206), Novo Triunfo (209), Sítio do Quinto (220), Pedro Alexandre (221).