Jornal Tribuna Sisaleira

Jornal Tribuna Sisaleira

MAIS UMA AUDIÊNCIA PÚBLICA DOS CURTUMES DE TUCANO ACONTECEU HOJE

Hoje, dia 09 de Agosto de 2019, as 15hs, iniciou-se mais uma audiência pública da equipe da Secretaria Estadual do Meio Ambiente e a sociedade interessada em resolver a problemática dos Cortumes de Tucano.

Presentes e compondo a mesa: Felipe Bastos Lobo Silva -  Especialista em Meio Ambiente e Recursos Hídricos, João Bosco representante do consórcio Consisal - Sema, Advogado e professor de Direito Ambiental da Faculdade Ages Bruno, Professor de Biologia da Faculdade Ages, Presidente da Coopact Adriano, Presidente da Associação de produtores de artesanato de Quixaba de Santa Rita Rosália Santana, Vereador Neto do Herlon e André Carvalho representante do Movimento Popular Mobiliza Tucano.

Os problemas ambientais dos cortumes do município de Tucano já são conhecidos pela população, poder público e MP, onde o que se precisa é construir soluções, e garantir uma melhor  qualidade de vida para a população tucanense em especias as milhares de Famílias que necessitam de sustento através desta arte milenar de curtir couro de animais in natura, más que agora precisa-se definitivamente de mecanização e de regulamentação para não continuar prejudicando o meio ambiente em especial do rio itapicuru. 

Acadêmicos, trabalhadores do curtume em quase duas dezenas se fizeram presentes e discutiram a pauta que é o prazo (26 de agosto de 2019) que o Ministério Público deu aos trabalhadores para solucionar os problemas de meio ambiente ou pararem as ações, trabalhos e atividades ao leito do rio Itapicuru.

Nos encaminhamentos das falas ficou acertado de procurar o ministério público para recorrer desta data estabelecida pelo acordo TAC e de como a entidade acionada poderá resolver uma multa feita pelo INEMA e provocar os poderes público, Federal, Estadual e Municipal a apoiar resolução do problema.

Vejas as falas dos participantes na mesa e na plenária.









Veja matérias anteriores sobre o assunto...


MAIS UMA AUDIÊNCIA COM OS CURTUMES DE TUCANO SE REALIZARÁ NESTE DIA 09/08

Próximo dia 09/08 Sexta-Feira as 15hs uma equipe da Secretaria Estadual do Meio Ambiente estará aqui em Tucano para discutir problemas ambientais do município, precisamos construir soluções, e garantir uma melhor  qualidade de vida para a população tucanense. Compareça, e engaje essa luta!.


Veja matérias anteriores sobre o assunto...


CURTUMES DE TUCANO E MP REALIZAM MAIS UMA ADIENCIA, VEJA AQUI TUDO O QUE TA ACONTECENDO

Na sexta-feira, dia 19, mais um capitulo da novela que parece não ter fim. A realização demais uma Audiência Pública na Câmara Municipal de Tucano, organizada pelos agentes de saúde e de endemias locais. Segundo os organizadores, o objetivo da audiência pública consistiu em abrir o debate sobre a situação das atividades de curtumes no município. O evento reuniu políticos, o MPMT, lideranças regionais e municipais dos agentes, representantes do Inema e da Defensoria Pública, bem como representantes das associações de curtumes. 

Da Audiência Pública, saiu o encaminhamento de montar uma comissão que articule junto aos órgãos responsáveis a prorrogação das multas ambientais e do (TAC) aplicadas pelo Ministério Público aos produtores, assim como a viabilização de recursos para reestruturar a atividade nas normas exigidas.


Veja abaixo matérias anteriores.

Ministério Público visitou os curtumes de Tucano e deliberou readequações.

Mais um capitulo na novela dos cortumes de tucano se deu nesta terça-feira, dia 11 de Junho de 2019, onde o Ministério Público do Meio Ambiente de Euclides da Cunha fez uma reunião com a presença do Departamento de Meio Ambiente da Prefeitura Municipal de Tucano e a associações de Pedra Grande do cortume e região. 

Na oportunidade o promotor que analisa o caso fez a visita aos curtumes da região e conversou com trabalhadores e empresários. Fica decidido que até o dia 26 de agosto de 2019, os trabalhos nos curtumes devem ser readequados, de modo não não poluir o Rio Itapicuru Mirim, ou estes deveriam ser fechados imediatamente.


Ficou decidido e assinado um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) assinado entre todas as partes como também foi deliberado que haveria mais uma vista técnica para conferir o andamento das readequações, onde se caso asreadequações avancem a promotoria poderá até aumentar o prazo de cumprimento do tac.

ACABOU AGORA A AUDIÊNCIA PUBLICA COM O MP, INEMA E ASSOCIAÇÃO DE CORTUMES DE TUCANO.

Acabou agora a audiência entre o Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos – INEMA, o Ministério Público e Associação das comunidades de Pedra Grande do Cortume, onde nesta manhã de terça feira, dia 04 de Dezembro de 2018, a audiência começou as 10h, na câmara municipal de vereadores de Tucano.

O promotor de Justiça, Doutor, Ernesto Cabral de Medeiros, iniciou o evento fazendo um relato sobre o papel do MP e o que levou o Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos – INEMA e o Ministério Público condenar a Associação da comunidade de Pedra Grande do Cortume a pagar multa de R$ 10 mil e a parar as atividades, por conta da justificativa de estar poluindo o rio Itapicuru. Em  seguida o Perito Ambiental, Sr. Weslei Lima, endossou as palavras do promotor demostrando slides que demostram o impacto ambiental que a pratica irregular do trabalho com o couro vem causando ao meio ambiente. Também foi ouvido a população presente, que, lotaram a câmara para ouvir propostas de solução do problema.

Decisão por fechamento dos cortumes ate o mês de Janeiro de 2019. 

veja os videos e demais fotos do evento











veja as matérias anteriores 



AUDIÊNCIA PULICA EM TUCANO DEFINIRÁ FUTURO DE CORTUME



Está marcado para amanhã, terça feira, dia 04 de Dezembro de 2018, a partir das 9h, na câmara municipal de vereadores de Tucano, Bahia, Audiência entre o Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos – INEMA, o Ministério Público e Associação da comunidade de Pedra Grande do Cortume, que foi condenada a pagar multa de R$ 10 mil e a parar as atividades, por conta da justificativa de estar poluindo o rio Itapicuru.

veja matérias anteriores

INEMA CONDENA ASSOCIAÇÃO DA PEDRA GRANDE DO CORTUME DE TUCANO A MULTA DE 10 MIL E PARAR ATIVIDADES.

O INEMA, que é um órgão de meio ambiente do estado, condenou a associação da comunidade de Pedra Grande do Cortume de Tucano, a pagar multa de 10 mil e condenada a parar as atividades ali desenvolvidas por poluição ao rio que corta a área de trabalho dos agricultores e por não obter licença ambienta para exploração da atividade que há décadas é desenvolvida nas comunidades daquela região.
Associação dos agricultores familiares e produtores de sola da comunidade de Pedra Grande e Região, criada desde, 1998, agregando as comunidades de Kaipé, Gameleira e Varginha, quatro comunidades que trabalha diretamente com o couro, curtume, que apresentaram pedido de curtumes para as comunidade de Varginha, Pedra Grande e Araticunzeiro. São 283 famílias que trabalham diretamente com couro e estão ligadas a Associação dos agricultores familiares e produtores de sola da comunidade de Pedra Grande e Região, onde 500 famílias trabalham diretamente com a matéria prima do couro produzindo artesanalmente seus resultados a exemplo das comunidades de Tracupá, Crenguenhem, Tiririca e outras comunidades.
Fernando Presidente ressaltou que haverá uma audiência publica no dia 04 de Dezembro 2018, as 9 horas na Câmara Municipal de Vereadores de Tucano, com o Ministério Público e interessados para buscar solução para a problemática.
Para o vereador Marcos do Raio X, que vem acompanhando em loco a problemática o governo do estado, o governo municipal devem e unir e investir recursos público para sanar as dificuldades da associação e resolver o problema ambiental como deseja o ministério público.  

Veja Matéria anterior pulicada por nosso site...

DEPUTADOS E VEREADORES VISITAM REALIDADE DE PEDRA GRANDE DO CORTUME EM TUCANO.

Associação dos agricultores familiares e produtores de sola da comunidade de Pedra Grande e Região, ciada desde, 1998, agregando as comunidades de Kaipé, Gameleira e Varginha, quatro comunidades que trabalha diretamente com o couro, curtume, que apresentaram pedido de curtumes para as comunidade de Varginha, Pedra Grande e Araticunzeiro.
São 283 famílias que trabalham diretamente com couro e estão ligadas a Associação dos agricultores familiares e produtores de sola da comunidade de Pedra Grande e Região, onde 500 famílias trabalham diretamente com a matéria prima do couro produzindo artesanalmente seus resultados a exemplo das comunidades de Tracupá, Crenguenhem, Tiririca e outras comunidades.
Se houver o fechamento dos cortumes por condenação do meio ambiente, estas dezenas de centenas de famílias que trabalham diretamente com couro. O Vereador Nadinho assim como o vereador Marcos do Raio X iniciaram a luta em favor de garantir os direitos municipais através de intervenção da câmara e seus mandatos para estas famílias não serem prejudicadas.
O Deputado Alex da Lima, Presente, falou as famílias e aos sócios da Associação dos agricultores familiares e produtores de sola da comunidade de Pedra Grande e Região, que a partir de agora está na luta para garantir o não fechamento do mesmo, para isso precisava reverter o prazo da condenação do fechamento e a abertura e conquista de cortumes de acordo a exigência da legislação.
Isac, Ex Prefeito de Juazeiro também esteve presente e discursou afirmando que os agricultores, as famílias e os produtores de sola da comunidade de Pedra Grande e Região poderá contar com o apoio dele na conquista pleitada e desejada por todos.
Associação entregou ao Deputado Alex Lima o projeto para que seja levado e apresentado aos órgãos governamentais e ambientais para solucionar o problema.
Veja os videos e as fotos