Jornal Tribuna Sisaleira

Jornal Tribuna Sisaleira

SUCATEADA A FROTA DA EDUCAÇÃO DE ARACI

O Sucateamento do transporte escolar no município de Araci já e problema antigo, nosso site há anos vem denunciando e alertando para com o descaso dos carros em especial os amarelinhos que são especificamente para o transporte de alunos e até de profissionais da educação que precisam se locomover na zona urbana e rural do município. Más parece que a gestão pública não se importa com a educação do araciense já que atualmente se repete os atrasos de Pagamentos de profissionais da Educação, Décimo terceiro, Férias não conceder os ajustes salariais por LEI, além da Prefeitura de Araci, deixa ônibus escolar há meses abandonado e exposto ao relento sem dar as devidas manutenções, cuidados e preservação deste patrimônio do povo. DESCASO com o patrimônio público do povo. 
No dia 2 de Outubro de 2018, Terça Feira, professores de: JOÃO VIERA, RIBEIRA, BARBOSA E BARREIRA do município de Araci, paralisaram as atividades, não foram dar aula, por motivo das péssimas condições de conservação e manutenção da frota escolar, dos onibus, amarelinho em especial, que é utilizados pelos professores e alunos nestas regiões, rural.
Já no dia 06 de Março de 2018, Uma adolescente de 16 anos que faz uso do ônibus que faz a linha de Tapuio para Araci entrou em contato com a redação para relatar as más condições do veículo. O veículo seria locado pela Secretaria de Educação de Araci e dá apoio no transporte aos estudantes. Segundo ela, que não quis se identificar, o ônibus tem diversas janelas quebradas, o motor fica exposto, há diversos fios desencapados, as luzes não funcionam, o ônibus é muito sujo de graxa e poeira e quebra constantemente. “No ano passado, em 2017, o ônibus quebrou mais de 5 vezes de Araci para Tapuio. Teve uma vez que pegou fogo nas laterais, mas ninguém ficou ferido“, disse ela.

Veja abaixo matérias já publicado sobre o assunto. 

PROFESSORES DE ARACI, ZONA RURAL FAZ PARALIZAÇÃO POR SEGURANÇA NO TRANSPORTE ESCOLAR

Hoje, Terça Feira, professores de: JOÃO VIERA, RIBEIRA, BARBOSA E BARREIRA do município de Araci, paralisaram as atividades, não foram dar aula, por motivo das péssimas condições de conservação e manutenção da frota escolar, dos onibus, amarelinho em especial, que é utilizados pelos professores e alunos nestas regiões, rural.
Vejam as fotos de como estão mal conservado e sem manutenção a frota escolar de Araci, colocando em risco os professores e alunos da zona rural que depende destes transportes em especial os da região de: JOÃO VIERA, RIBEIRA, BARBOSA E BARREIRA.
O programa Caminho da Escola foi criado em 2007 com o objetivo de renovar a frota de veículos escolares, garantir segurança e qualidade ao transporte dos estudantes e contribuir para a redução da evasão escolar, ampliando, por meio do transporte diário, o acesso e a permanência na escola dos estudantes matriculados na educação básica da zona rural das redes estaduais e municipais. O programa também visa à padronização dos veículos de transporte escolar, à redução dos preços dos veículos e ao aumento da transparência nessas aquisições.
O governo federal, por meio do FNDE e em parceria com o Inmetro, oferece um veículo com especificações exclusivas, próprias para o transporte de estudantes, e adequado às condições de trafegabilidade das vias das zonas rural e urbana brasileira.
O programa consiste na aquisição, por meio de pregão eletrônico para registro de preços realizado pelo FNDE, de veículos padronizados para o transporte escolar. Existem três formas para estados e municípios participarem do Caminho da Escola: com recursos próprios, bastando aderir ao pregão; via convênio firmado com o FNDE; ou por meio de financiamento do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), que disponibiliza linha de crédito especial para a aquisição de ônibus zero quilômetro e de embarcações novas.

SUCATEAMENTO DA FROTA ESCOLAR DE ARACI.

ARACI - Uma adolescente de 16 anos que faz uso do ônibus que faz a linha de Tapuio para Araci entrou em contato com a redação para relatar as más condições do veículo. O veículo seria locado pela Secretaria de Educação de Araci e dá apoio no transporte aos estudantes. Segundo ela, que não quis se identificar, o ônibus tem diversas janelas quebradas, o motor fica exposto, há diversos fios desencapados, as luzes não funcionam, o ônibus é muito sujo de graxa e poeira e quebra constantemente. “No ano passado, em 2017, o ônibus quebrou mais de 5 vezes de Araci para Tapuio. Teve uma vez que pegou fogo nas laterais, mas ninguém ficou ferido“, disse ela. 

O veículo saí de Tapuio às 6h da manhã e chega em Araci às 7h30min com crianças e adolescentes que estudam na sede do município. Os estudantes, na maioria crianças, pedem ao poder público que resolvam a situação, uma vez que é a segurança e o conforto deles que está em jogo. “Somos estudantes. Somos o futuro da nação. Não podemos ser tratados assim“, disse a estudante. O contato com a Secretaria de Educação do município, que até o fechamento desta matéria não se manifestou.